Publicado por: mvmportugues | novembro 30, 2017

O AVISO DE PAULO PARA OS GALÁTAS E PARA NÓS – Gálatas 1-4

Paulo, apóstolo enviado, não da parte de homens nem por meio de pessoa alguma, mas por Jesus Cristo e por Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos. (Gálatas 1:1) 

Paulo explica em sua epístola aos Gálatas a mudança dramática que ele recebeu pela revelação de Jesus Cristo (Gálatas 1:12), e que a causa da mudança tão drástica foi a revelação de Deus de seu Filho para ele. 

Paul analisa o registro de sua vida pré-cristã para mostrar a maravilha da graça de Deus. Embora ele nunca tenha deixado de se identificar como judeu “Eu sou um israelita, descendente de Abraão, da tribo de Benjamim” (Romanos 11:1), ele usou apenas o judaísmo como forma de descrever sua vida antes de se tornar um nova criação “em Cristo”. 

Como os profetas, Isaías e Jeremias escreveram: “Antes de te formar no ventre, eu te conheci, antes de nascer, eu te separei; Eu designei você como um profeta para as nações” (Jeremias 1:4-5, Isaías 49:1), Paulo vê a si mesmo como separado por Deus desde seu nascimento para seu papel profético (Gálatas 1:15). 

Embora ele reconheça que sua vida anterior foi vivida em oposição à vontade de Deus, ele ainda afirma que toda a sua vida faz parte do plano soberano de Deus. Que grande esperança isso dá a cada um de nós. 

A decisão de Deus de separar Paulo desde antes do nascimento levou ao evento transformador da sua vida pelo chamado de Deus. Antes que Paulo nascesse, Deus o escolheu. Enquanto Paulo tentava destruir o povo de Deus, Ele o chamou. Esse é o significado da graça e do amor imerecido. Essa mesma graça abunda hoje e está disponível para todos que a aceitarão, porque é um presente gratuito de nosso amoroso Deus Criador. Paulo escreve que Deus “fez a sua luz brilhar em nossos corações para nos dar a luz do conhecimento da glória de Deus diante de Cristo” (2 Coríntios 4:6). 

Quando olhamos para os novos crentes de Gálata vemos a falta de compreensão do que Paulo lhes havia ensinado, já que, com toda a probabilidade, eles pensaram que simplesmente ao adicionar alguns costumes judaicos ao evangelho estavam aumentando o valor de sua fé em Cristo. Mas essa adição ao evangelho realmente negou a essência do evangelho. Primeiro, Paulo repreende os gálatas por sua deserção; em seguida, ele culpa a confusão aos que perverteram o evangelho; e então ele pronuncia uma condenação solene sobre todos os que manipulam a verdade do evangelho: “Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo… e,se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado!” (1:6-7, 9). 

A expressão de espanto de Paulo é realmente uma forte repreensão quando lemos (v.6). Ele está atordoado de que as pessoas, que recentemente experimentaram o poder milagroso de Deus por Seu Espírito em suas vidas, agora se afastariam dele. Eles estavam virando as costas a Deus para seguir um evangelho diferente. Paulo está chateado e lhes diz: “Ó gálatas insensatos! Quem os enfeitiçou? Não foi diante dos seus olhos que Jesus Cristo foi exposto como crucificado? Gostaria de saber apenas uma coisa: foi pela prática da Lei que vocês receberam o Espírito, ou pela fé naquilo que ouviram? Será que vocês são tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, querem agora se aperfeiçoar pelo esforço próprio[a]Será que foi inútil sofrerem tantas coisas? Se é que foi inútil! Aquele que lhes dá o seu Espírito e opera milagres entre vocês realiza essas coisas pela prática da Lei ou pela fé com a qual receberam a palavra? (Gálatas 3:1-5). 

A preocupação deles com a identidade racial, a observância religiosa e os rituais cerimoniais os roubava de sua experiência da graça de Deus expressada em Cristo; e estava afastando as pessoas de Deus para se concentrarem em si mesmos. 

A tragédia de Galácia é uma advertência para nós, que nem toda busca de espiritualidade é, na realidade, uma busca por Deus. Quando somos atraídos por livros provocativos sobre a espiritualidade da Nova Era, devemos lembrar que os cristãos da Galácia foram cativados por uma mensagem que prometeu a perfeição espiritual, mas que os afastou de Deus. “Evidentemente, algumas pessoas estão te deixando confuso e tentando perverter o evangelho de Cristo” (Gálatas 1:7). 

O ensinamento cativante e até fascinante de algumas pessoas nas igrejas da Galácia desviou os seus crentes do verdadeiro evangelho. Paulo afirma ousadamente que o diferente evangelho que é tão atraente para os cristãos da Galácia não é realmente um evangelho. É uma perversão do evangelho de Cristo, perpetrada por algumas pessoas que estão tentando causar confusão nas igrejas de Galácia. Devemos prestar atenção as advertências de Paulo e ser muito atentos, já que esta é uma tendência muito dominante em nossas igrejas hoje em dia. 

Provavelmente essas pessoas alegaram que sua mensagem suplementavam e completaram a mensagem de Paulo. Eles não viram sua versão do evangelho como herética. Afinal, eles não negaram a divindade de Cristo, a cruz de Cristo ou a ressurreição de Cristo. Eles não subtraíram nada da mensagem de Paulo, eles apenas adicionaram a ela. Se tivessem sido bem versados ​​na Torá, eles deveriam estar cientes de que era proibido fazer isto, pelas palavras do Antigo Testamento como encontradas em (Deuteronômio 4:2). 

Paulo coloca todos os defensores de um evangelho que difere do verdadeiro evangelho de estar sob condenação, “Mas ainda que nós ou um anjo dos céus pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado!” (Gálatas 1:8). A adesão ao verdadeiro evangelho é o teste final da verdadeira autoridade. Mesmo a autoridade de um mensageiro do céu ou a autoridade do próprio Paulo deve ser testada por lealdade ao evangelho. É importante notar que Paulo se responsabiliza por esta última medida de autoridade, como vemos sua afirmação no versículo 10: “Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo.” 

Infelizmente, na história da igreja, podemos observar onde um número de pessoas em cargos de liderança tentam exercer controle absoluto sobre a igreja e colocar-se acima de qualquer crítica. As igrejas escravizadas não têm liberdade para crescer na fé e no amor, assim como foi a condição das igrejas da Galácia. E, os intrusos fizeram campanha pela devoção exclusiva dos cristãos de Galácia: “Os que fazem tanto esforço para agradá-los não agem bem, mas querem isolá-los a fim de que vocês também mostrem zelo por eles” (Gálatas 4:17).  

Paulo deu uma advertência semelhante em Atos 20:28-30: “Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo os colocou como bispos, para pastorearem a igreja de Deus, que ele comprou com o seu próprio sangue. 29 Sei que, depois da minha partida, lobos ferozes penetrarão no meio de vocês e não pouparão o rebanho. 30 E dentre vocês mesmos se levantarão homens que torcerão a verdade, a fim de atrair os discípulos.” 

Os líderes na igreja devem liderar com autoridade, porque Deus é a fonte suprema de sua posição; mas eles também devem liderar com humildade, porque Deus estabeleceu o padrão final na verdade do evangelho, pelo qual todos são julgados. Os líderes devem ser mantidos responsáveis. 

Precisamos lembrar que verdadeiros servos de Cristo não ganharão concursos de popularidade com pessoas que “juntarão mestres para si mesmos, segundo os seus próprios desejos” (2 Timóteo 4:3). Mas mesmo quando são impopulares, os verdadeiros servos de Cristo são marcados por uma lealdade inabalável a Ele. 

“ Saibam, portanto, que o Senhor, o seu Deus, é Deus; ele é o Deus fiel, que mantém a aliança e a bondade por mil gerações daqueles que o amam e obedecem aos seus mandamentos” (Deuteronômio 7:9)

Anúncios

Responses

  1. Olá, Boa tarde! Sou a Silvani e gostaria muito de continuar recebendo as mensagens, pois são muito edificantes . Obrigada! 

    Enviado do meu dispositivo Samsung

    • Sivani, você somente tem que submeter o teu email para receber as mensagens toda semana. Coloque o seu correo eletronico debaixo do Blogospel na categoria chamada EMAIL SUBSCRIPTION ai você coloca seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog. Bênçãos para você.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: