Publicado por: mvmportugues | julho 29, 2020

ESCOLHA SEUS AMIGOS COM CUIDADO – Provérbios 12:26

O justo dá bons conselhos a seus amigos, mas os perversos os desencaminham. (Provérbios 12:26) 

Os cristãos precisam entender que as pessoas estão divididas em apenas duas categorias, aquelas que pertencem ao mundo e seu governante, Satanás, e as que pertencem a Deus (Atos 26:18). 

Esses dois grupos de pessoas são descritos em termos de opostos por toda a Bíblia: 

  • aqueles que andam na luz / aqueles que andam na escuridão;
  • aqueles que obtêm a vida eterna / aqueles que acabarão na morte eterna;
  • aqueles que têm paz com Deus / aqueles que estão em guerra com Ele;
  • aqueles que acreditam na verdade / aqueles que acreditam em mentiras;
  • aqueles no caminho estreito para a salvação / aqueles no caminho amplo para a destruição. 

Esses são apenas alguns exemplos que a Bíblia nos dá e, como vemos claramente, a mensagem das Escrituras é que os crentes são completamente diferentes dos não-crentes, e é dessa perspectiva que devemos discernir que tipo de amizade podemos ter com os incrédulos. 

A Palavra nos diz que devemos ficar longe das pessoas tolas: “Quem anda com os sábios se torna sábio,

mas quem anda com os tolos sofrerá as consequências” (Provérbios 13:20); e “Afaste-se do tolo, pois em seus lábios não achará conhecimento” (Provérbios 14:7). 

Também nos diz para ficarmos longe de pessoas que perdem a paciência com facilidade: “Não faça amizade com os briguentos, nem ande com quem se ira facilmente” (Provérbios 22:24). 

Esses versículos abordam aqueles que não foram salvos e nos alertam: “Não se ponham em jugo desigual com os descrentes. Como pode a justiça ser parceira da maldade? Como pode a luz conviver com as trevas?” (2 Coríntios 6:14). E 1 Coríntios 15:33 nos diz que a má companhia corrompe o bom caráter.

Se nos envolvermos profundamente, seja por amizade ou por um relacionamento romântico com não-cristãos, estamos nos preparando para uma vida de mágoa e turbulência. A razão disso é que a associação com um incrédulo muitas vezes faz com que o cristão tropece em sua caminhada, volte a uma vida pecaminosa e comprometa suas crenças. 

Outro efeito prejudicial da proximidade com os incrédulos é a tendência de muitos de diluir as verdades das Escrituras para não ofendê-los. Existem verdades difíceis na Palavra de Deus, verdades como o julgamento e o inferno. Quando tentamos minimizar ou ignorar essas doutrinas, estamos desonrando nosso Pai celestial. 

Embora não sejam recomendados relacionamentos próximos com os incrédulos, isso não significa que também os ignoremos. Segundo Timóteo 2:24-26 nos diz que, como servos do Senhor, devemos ser amáveis e não brigar com ninguém. Devemos ensinar aqueles que se opõem à verdade e ter paciência com pessoas difíceis. E Mateus 5:16 nos diz: “Que suas boas obras devem brilhar, para que todos as vejam e louvem seu Pai, que está no céu.” 

Muitas pessoas foram salvas por causa das orações e testemunho dos cristãos; portanto, não rejeite os incrédulos. Mas lembre-se de que ter qualquer tipo de relacionamento íntimo com um incrédulo pode rapidamente e facilmente se transformar em algo que é um obstáculo à nossa caminhada com Cristo. 

Somos chamados a evangelizar os perdidos, mas não ser íntimos com eles. É bom conhecer os incrédulos e até ajudá-los quando eles têm uma necessidade legítima – mas o foco principal desse relacionamento deve ser conquistá-los para Cristo compartilhando o Evangelho com eles e demonstrando o poder salvador de Deus em nossas próprias vidas. 

Se você é solteiro e ainda não se casou, espere e ore. Deixe Deus levá-lo ao cônjuge que Ele deseja que você se case, se estiver na vontade Dele que você se case. 

O casamento é o relacionamento humano mais íntimo e profundo do mundo; se você se casar com um pecador, estará caminhando para um pesadelo infernal, de dor, perda, doença, possivelmente dano e morte prematura. 

É insano se casar com alguém que está vivendo uma vida pecaminosa, porque, se você se casar com um filho de Satanás, ele ou ela certamente influenciará você e seus filhos a viver uma vida má. Você vai lutar para eleva-los, enquanto que ele ou ela estarão determinados a levar você e seus filhos para seu estilo de vida pecaminoso e rebelde. 

Deus deu instintos a cada um de nós e, e Ele não quer que nos desviemos. Da mesma forma, para aqueles que são casados ​​e têm filhos, você também não quer que seus filhos se desviem. Você não quer que eles se associem com o tipo errado de pessoas, porque eles podem ser facilmente corrompidos em pouco tempo por influências ruins e negativas. Como resultado, você se tornará muito protetor de seus filhos e os observará de perto até que tenham idade suficiente e sejam biblicamente sábios o suficiente para começar a escolher quem serão seus verdadeiros amigos. 

Lembre-se, as crianças nascem pecadoras, ingênuas e tolas. Elas devem ser instruídas e treinadas para uma vida piedosa. Deixadas sozinhas elas seguirão a paixão de sua carne, e isso inclui escolher amigos cujo comportamento e atitudes apelam para essa carne pecaminosa. Em contraste com a carnalidade natural das crianças, o padrão de Deus para escolher amigos é declarado pelo salmista. “Sou amigo de todos que Te temem, dos que obedecem aos Seus mandamentos” (Salmo 119:63). Esse padrão deve ser ensinado e levado a mente de todas as crianças. Para serem devidamente motivados e advertidos a serem fiéis nessa responsabilidade, os pais devem entender as razões bíblicas pelas quais esse padrão deve ser ensinado aos filhos. 

Portanto, ore, peça a Deus por sabedoria para escolher amigos e seu cônjuge com sabedoria e não se apegue aos chamados amigos que não honram o Senhor com suas vidas. 

*******


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: