Publicado por: mvmportugues | abril 7, 2021

O QUE ACONTECE COM AS NAÇÕES QUE SE AFASTAM DE DEUS? – Provérbios 29:2

Provérbios 29 vs 2 (P)

Quando os justos florescem, o povo se alegra; quando os ímpios governam, o povo geme. Provérbios 29:2 

Este versículo deixa muito claro que o caráter dos indivíduos com autoridade afeta todos que estão sob sua autoridade. As pessoas lamentam quando uma nação é governada por aqueles que são ímpios; e se regozije sob a autoridade de um governante justo. 

Deus nos dá Suas leis para nosso próprio bem. Ele nos criou para ter comunhão com Ele e andar em retidão; mas, quando uma nação se afasta do Deus verdadeiro e se torna seu próprio deus, o Senhor remove Sua mão protetora e permite que essa nação experimente as consequências que exigiu. Romanos 1:18-32 nos mostra a progressão de pessoas e nações que desafiaram a Deus e redefiniram a moralidade. Homossexualidade, luxúria desenfreada, assassinato e idolatria são todos parte do julgamento de Deus sobre uma nação que se afastou Dele. 

Quando o Faraó governou sobre o povo de Deus no Egito, a vida dos hebreus tornou-se amarga sendo sujeitados a uma cruel escravidão (Êxodo 1:8-14). Seus dias foram cheios de tristeza e aflição (Êxodo 3:7). Em contraste, quando Salomão governou sobre o povo de Deus em Jerusalém, houve grande alegria (1 Reis 1:40; 1 Reis 5:7). 

Enquanto os israelitas honraram o Senhor e guardaram Seus mandamentos, o Senhor esteve ativamente envolvido em sua defesa quando outras nações lutaram contra eles. O primeiro exemplo do Senhor como Defensor foi visto quando Moisés conduziu o povo para fora do Egito, e quando Faraó mudou de ideia e seus exércitos correram atrás deles. O povo ficou apavorado e começou a duvidar; mas Moisés respondeu ao povo e disse: “Não tenham medo. Fiquem firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes trará hoje, porque vocês nunca mais verão os egípcios que hoje vêem. O Senhor lutará por vocês; tão-somente acalmem-se” (Êxodo 14:13-14). E sabemos que o que se seguiu foi a divisão milagrosa do Mar Vermelho (Êxodo 14:21-22). 

Em contraste, começando em 2 Reis, capítulo 24, vemos o fim das bênçãos de Deus sobre Israel. O povo escolhido de Deus desafiou o Senhor, construíram templos para ídolos e preencheram suas vidas com fornicação, assassinato e adultério. Eles profanaram o templo e ignoraram a Lei por gerações. Deus enviou profetas para chamá-los ao arrependimento, mas eles não deram ouvidos e muitas vezes mataram aqueles que lhes trouxeram a verdade e um chamado ao arrependimento antes que fosse tarde demais. 

O Senhor os advertiu repetidamente, mas quando eles se recusaram a ouvir, Ele enviou o julgamento na forma de invasores que levaram os israelitas cativos e destruíram suas cidades (2 Reis 24:12-14); e a outrora grande nação foi saqueada pelos babilônios e dez mil levados cativos. O julgamento de Deus ocorreu por causa de sua desobediência. 

Gálatas 6:7 é a advertência de Deus aos indivíduos e às nações. “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá.” 

Por causa de sua desobediência, muitas nações deixaram de existir, tendo trazido o julgamento de Deus sobre si mesmas por seu pecado e desafio. Edom (Jeremias 49:17-22), Assíria (Sofonias 2:13-15), Sodoma (Gênesis 19: 24-25) e Babilônia (Jeremias 51:61-64) foram todos eliminados, de acordo com os profetas bíblicos, pelo seu mal feito diante do Senhor. E não restam mais representantes dos hititas (Êxodo 23:23), dos moabitas (Sofonias 2:8-10) ou dos filisteus (Sofonias 2:5) devido à sua rebelião determinada contra o Senhor. 

É hora de lamentar e se arependeram em todas as nações, pois os homens ímpios estão governando e virando as leis de Deus de cabeça para baixo. Como é que os santos de Deus podem se regozijar, quando veem a justiça, averdade e a sabedoria comprometidas e corrompidas diariamente? 

Podemos, entretanto, interceder por nossa nação com orações e intercessão por todos aqueles que têm autoridade, para que possamos viver uma vida pacífica e tranquila em toda a piedade e santidade. A boa notícia é que Deus conhece aqueles que são Seus e promete recompensá-los, mesmo quando todos os outros se afastarem. 

Malaquias 3:13-18 contém uma das passagens mais consoladoras do Velho Testamento. Isso nos lembra que Deus está observando, Ele sabe tudo e Ele julgará com justiça. Mesmo quando uma nação se afasta de Deus, os indivíduos dentro dessa nação ainda podem segui-Lo e saber que seus nomes estão escritos no livro de recordações de Deus. 

A maioria das pessoas pecaminosas e rebeldes não se arrependerão até experimentarem dor e perda; que pode resultar na convicção dos pecados e pode trazer arrependimento e purificação do pecado. 

O Senhor aprova o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios leva à destruição! (Salmo 1:6). 

Pois os maus serão eliminados, mas os que esperam no Senhor receberão a terra por herança. Um pouco de tempo, e os ímpios não mais existirão; por mais que você os procure, não serão encontrados (Salmo 37: 9-10). 

Lembre-se do que o Senhor diz: “Não há paz alguma para os ímpios” (Isaías 48:22, Isaías 57:21). 

E, por último, ai dos ímpios! Tudo lhes irá mal! Terão a retribuição pelo que fizeram as suas mãos (Isaías 3:11). No entanto, o Senhor é justo, e ama a justiça; os retos verão a Sua face. (Salmo 11:7). 

Amém! Louvado seja o Senhor! 

*******

AVISO LEGAL MVMP


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: