Publicado por: mvmportugues | março 17, 2021

POR QUE DEUS CHAMA DAVID UM HOMEM SEGUNDO O SEU CORAÇÃO? – 1 Samuel 13:13-14

Disse Samuel: “Você agiu como tolo, desobedecendo ao mandamento que o Senhor, o seu Deus, lhe deu; se você tivesse obedecido, ele teria estabelecido para sempre o seu reinado sobre Israel. Mas agora o seu reinado não permanecerá; o Senhor procurou um homem segundo o Seu coração e o designou líder de Seu povo, pois você não obedeceu ao mandamento do Senhor.” (1 Samuel 13:13-14) 

Chegou o momento em que Israel exigiu um rei (1 Samuel 8:4-5). Eles desejavam ser como as outras nações e Deus lhes deu o rei de sua escolha. Em contraste, depois que Saul desobedeceu à ordem de Deus por ilegalmente sacrificando, Samuel relatou que Deus agora escolheria “um homem segundo Seu coração”, ou seja, a escolha seria do Todo-Poderoso de quem seria o próximo rei. 

Para entender por que Davi era um homem segundo o coração de Deus, precisamos examinar as características que ele tinha para se qualificar para uma posição tão elevada. 

No livro de Atos, o apóstolo Paulo escreve: “Depois de rejeitar Saul, levantou-lhes Davi como rei, sobre quem testemunhou: ‘Encontrei Davi, filho de Jessé, homem segundo o meu coração; ele fará tudo o que for da minha vontade’” (Atos 13:22). 

A resposta de porque Davi foi considerado um homem segundo o coração de Deus é como o Senhor declarou, fará tudo o que for da Minha vontade. Hoje, no entanto, conhecendo o relato bíblico da vida de Davi, podemos perguntar o que significa ser um homem segundo o coração de Deus, quando Davi cometeu pecados terríveis, incluindo adultério e assassinato? 

Uma das razões pelas quais Davi é chamado de homem segundo o coração de Deus é que ele tinha fé absoluta em Deus. Em nenhum lugar nas Escrituras este ponto é mais bem ilustrado do que quando Davi, um jovem pastor, matou corajosamente o filisteu Golias. Pouco antes do combate, vemos evidência direta da fé de Davi quando Davi diz: “O Senhor que me livrou das garras do leão e das garras do urso me livrará das mãos desse filisteu” (1 Samuel 17:37). 

Davi sabia desde cedo que Deus merecia confiança e obediência. A fé de Davi agradou a Deus e Deus recompensou Davi por sua fidelidade. Vemos um grande exemplo de sua reverência e obediência a Deus quando lemos o relato de Saul entrando na caverna onde Davi e seus homens estavam no fundo da caverna e eles poderiam tê-lo matado. Então os homens de Davi lhe disseram: “Este é o dia sobre o qual o Senhor lhe falou: ‘Entregarei nas suas mãos o seu inimigo para que você faça com ele o que quiser.’” Então Davi foi com muito cuidado e cortou uma ponta do manto de Saul, sem que este percebesse. Mas Davi sentiu bater-lhe o coração de remorso por ter cortado uma ponta do manto de Saul, e então disse a seus soldados: “Que o Senhor me livre de fazer tal coisa a meu senhor, de erguer a mão contra ele, pois é o ungido do Senhor.” Com essas palavras Davi repreendeu os soldados e não permitiu que atacassem Saul” (1 Samuel 24:4-7). 

Davi menciona repetidamente o quanto ele ama a perfeita Palavra de Deus nos Salmos, da qual ele é creditado por escrever mais da metade deles. 

No seguinte versículo, vemos a adoração completa de Davi pela Palavra de Deus e como ele medita nos estatutos de Deus que lhe concederam compreensão e sabedoria. “Tenho prazer nos teus mandamentos; eu os amo. A Ti levanto minhas mãos e medito nos teus decretos” (Salmo 119:47-48). 

Devemos também nos concentrar no que a Palavra diz quando Davi escreve: “Bem-aventurados os que guardam os seus testemunhos e o buscam de todo o coração” (Salmo 119:2). 

Mesmo em seu pecado, Davi é receptivo ao confronto de Natã (2 Samuel 12), e está verdadeiramente arrependido e reconhece seu pecado no versículo 13. O pecado de Davi com Bate-Seba incluiu adultério, mentira e assassinato e está registrado em 2 Samuel 11. 

Precisamos entender que admitir nosso pecado e pedir perdão é apenas metade da equação. A outra metade é o arrependimento, e Davi também fez isso. No Salmo 51 lemos sua oração de arrependimento a Deus: “Tem misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias. Lava-me completamente da minha iniquidade e purifica-me do meu pecado. Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Contra Ti, contra Ti somente pequei, e fiz o que a teus olhos é mal, para que sejas justificado quando falares e puro quando julgares” (Salmo 51:1-4). 

E no Salmo 25:11 vemos novamente onde Davi reconhece seus pecados: “Por amor do Teu nome, Senhor, perdoa a minha iniquidade, pois é grande.” 

Aprendemos muito sobre o caráter de Davi no livro de Salmos quando ele abriu sua vida para que todos a estudassem. A vida de Davi foi uma imagem de sucesso e fracasso e o registro bíblico destaca o fato de que Davi estava longe de ser perfeito. Mas o que tornou Davi especial aos olhos de Deus foi que seu coração estava sempre buscando ao Senhor. 

Davi era um homem segundo o coração de Deus também porque sempre foi verdadeiramente grato como vemos escrito no Salmo 100: “Aclamem o Senhor todos os habitantes da terra! Prestem culto ao Senhor com alegria; entrem na sua presença com cânticos alegres. Reconheçam que o Senhor é o nosso Deus.

Ele nos fez e somos dele: somos o seu povo, e rebanho do seu pastoreio. Entrem por suas portas com ações de graças, e em seus átrios, com louvor; dêem-lhe graças e bendigam o seu nome. Pois o Senhor é bom e o Seu amor leal é eterno; a Sua fidelidade permanece por todas as gerações.” 

Esses pensamentos e atitudes devem estar no coração de cada crente e faríamos bem em seguir a liderança de Davi de oferecer louvor por meio de ações de graças a nosso Senhor. 

Em resumo, Davi era um homem segundo o coração de Deus porque demonstrou sua fé e estava comprometido em seguir o Senhor. Sim, sua fé foi testada em grande escala e ele falhou várias vezes. Mas depois de pecar, ele sempre buscou e recebeu o perdão do Senhor. Em última análise, Davi amou a Lei de Deus e procurou segui-la fielmente. 

Ele também ansiava por estar com o Senhor, como vemos no Salmo 27:4, “Uma coisa pedi ao Senhor; é o que procuro: que eu possa viver na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a bondade do Senhor e buscar Sua orientação no seu templo.” 

Davi é um ótimo exemplo especialmente para aqueles que se desviaram e voltam para o Senhor porque temos um Deus misericordioso que nos perdoará se realmente nos arrependermos e O buscarmos (1 João 1:9). 

Por favor, entenda que a única maneira de desfrutarmos as bênçãos de um coração puro é confiar no Senhor para nossa salvação eterna; e como resultado, Ele cria em nós um coração puro cheio de Seus desejos. 

As escrituras nos dizem que Davi foi chamado de “homem segundo o coração de Deus” muito antes de pecar sexualmente com Bate-Seba. Isso nos diz que Deus não é apenas o criador de corações limpos, mas também o restaurador e reparador de corações que erram. 

Portanto, assim como Davi, devemos adorar nosso Pai celestial, declarando: “Bendiga o Senhor a minha alma! Bendiga o Senhor todo o meu ser! Bendiga o Senhor a minha alma! Não esqueça nenhuma de suas bênçãos! É Ele que perdoa todos os seus pecados e cura todas as suas doenças, que resgata a sua vida da sepultura e o coroa de bondade e compaixão, que enche de bens a Sua existência,… ” (Salmo 103:1-5). 

*******


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: