Publicado por: mvmportugues | junho 24, 2020

HÁ ORAÇÕES ACEITÁVEIS E DETESTÁVEIS – Provérbios 28:9

“Se alguém se recusa a ouvir a lei, até suas orações serão detestáveis.” (Provérbios 28:9) 

Existem algumas orações que Deus detesta, por mais estranho que isso possa parecer. De fato, nossas próprias orações podem até nos condenar, como o Salmo 109:7 declara: “Quando for julgado, que ele seja condenado! Que até a sua oração seja considerada como pecado!” 

Deus quer que tenhamos sempre um ouvido aberto e atento à Sua instrução (lei). Não sentir fome da palavra de Deus ou se recusar a ouvir às Suas instruções é um sinal determinado de maldade e rebelião. Fingir falar com Deus de um coração desobediente não beneficiará nada para uma pessoa porque Deus não escutará ou honrará aqueles que negligenciam Sua palavra. 

Quando uma pessoa deliberadamente não escuta o que Deus diz na Bíblia e prefere fazer as coisas da sua propria maneira, sua oração se torna inútil. Deus despreza tais orações e devemos entender porque Ele não concede nosso pedido. Isaías 59:1-2 diz: “Ouçam! O braço do Senhor não é fraco demais para salvá-los, nem seu ouvido é surdo para ouvi-los. Foram suas maldades que os separaram de Deus; por causa de seus pecados, ele se afastou e já não os ouvirá.” 

A Bíblia afirma que: “Se dizemos que não temos pecado, enganamos a nós mesmos” (1 João 1:8). Portanto, o remédio óbvio é pedir ao Senhor, por meio de Sua Palavra, “mostra-me se há em mim algo que te ofende” (Salmo 139:24), e então confessar e abandonar qualquer pecado do qual estamos cientes ou nos seja revelado. Porque: “Se confessamos nossos pecados, Ele é fiel e justo para perdoar nossos pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 João 1:9). 

Então, tendo sido purificados de nossa injustiça, somos novamente justificados, não apenas pela justiça imputada de Cristo, mas também na vida diária justa. É só então que as promessas da oração respondida podem novamente se tornar totalmente eficazes, pois “a oração de um justo é poderosa e eficaz” (Tiago 5:16). 

É vital conhecer e obedecer à Palavra de Deus e reconhecer como é perigoso desviar nossos ouvidos dela. Pois Deus não será ridicularizado por muito tempo! “Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos e os seus ouvidos estão atentos à sua oração, mas o rosto do Senhor volta-se contra os que praticam o mal” (1 Pedro 3:12). 

Deus quer que oremos. Ele criou a oração como um meio pelo qual podemos desfrutar Dele (Apocalipse 3:20), confessar nossos pecados (1 João 1:9), pedir a Ele que atenda às nossas necessidades (Salmo 50:15) e alinhar nossas vontades às Suas (Jeremias 29:11-12; Lucas 22:42). 

Um tipo de oração que é garantida é ‘Deus, tem misericórdia de mim, que sou pecador’, que se encontra em Lucas 18:13-14, e que descreve a oração do arrependimento. Quando invocamos o Senhor em humilde arrependimento, Ele está ansioso por justificar-nos e perdoar-nos. 

Por outro lado, quando escolhemos nos apegar ao pecado, em vez de nos arrepender e mudar, Deus não ouvirá nossas orações. “Se alguém se recusa a ouvir a lei, até suas orações serão detestáveis” (Provérbios 28:9). Por exemplo, você não pode estar fazendo algo que vai contra a vontade de Deus, como viver juntos em pecado sexual, e ao mesmo tempo orar pelas bênçãos de Deus sobre sua união. 

Outra maneira que Deus não ouve é quando pedimos de acordo com nossos próprios desejos egoístas. “Quando você pede, você não recebe, pois pede por motivos errados, para gastar em seus prazeres” (Tiago 4:3). 

Quando oramos, precisamos lembrar de pedir com fé, confiando que Ele nos ouve e atenderá a todos os pedidos que estejam de acordo com Sua vontade para nós (Marcos 11:24; 1 João 5:14-15). 

É muito importante que entendamos que Deus é santo e deseja que sejamos santos como Ele é (Levítico 22:32; 1 Pedro 1:16). Quando Ele vê que também estamos buscando essa santidade, Ele fica encantado em responder às nossas orações de maneira a continuar nosso crescimento espiritual. Jesus disse: “Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido” (João 15:7). 

O segredo da oração é permanecer em Cristo, para que tudo o que pedimos esteja de acordo com Sua vontade. “Deleite-se no Senhor, e Ele atenderá aos desejos do seu coração” (Salmo 37:4). 

Se você é um novo crente ou um que conhece o Senhor há muitos anos, a melhor maneira de orar a Deus é usar Sua Palavra. Existem muitas orações na Bíblia; aqui estão alguns exemplos que você pode querer usar em seu tempo de oração para poder crescer em paixão, fé e obediência. 

2 Timóteo 2:15 – Encha-me com o desejo de fazer o meu melhor para me apresentar a Você Senhor como alguém aprovado, um trabalhador que não precisa se envergonhar. Conceda-me compreensão e discernimento para ler e compartilhar corretamente Sua Palavra. 

2 Tessalonicenses 3:3-5 – Porque Você Senhor é fiel, eu rogo que Você me fortaleça e me proteja do maligno. Faça com que eu tenha confiança em Você, para que eu continue a fazer as coisas que Você ordena. Que Você leve minha mente a uma compreensão e expressão completa do Seu amor e à perseverança que vem de Jesus Cristo. 

Filipenses 1:9-11 – Oro para que Seu amor transborde cada vez mais e que eu continue crescendo em conhecimento e discernimento para que eu possa entender o que realmente importa, e para que eu possa viver uma vida pura e sem culpa. Me preencha do fruto da justiça, e que Sua justiça seja vista na minha vida enquanto ando com Jesus para Lhe trazer glória e honra. 

Salmo 139:23-24Examina-me, ó Deus, e conhece meu coração; prova-me e vê meus pensamentos. Mostra-me se há em mim algo que te ofende e conduze-me pelo caminho eterno. 

2 Coríntios 5:17-19 – Ajuda-me a ver a nova criação que Você está fazendo em mim. Obrigado por me reconciliar com Você Senhor e que eu possa levar o ministério da reconciliação àqueles que estão ao meu redor. Que eu seja digno dessa tarefa que Você me concedeu. 

Efésios 5:2 – Ajuda-me a ser um imitador de Jesus em todos os meus pensamentos, palavras e ações. 

Gálatas 2:20 – Faça com que esse versículo seja verdadeiro para minha vida, meus desejos e minhas atitudes: “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.” 

Filipenses 2:3 – Não deixe-me fazer nada por egoísmo ou por vaidade, mas com humildade de espírito considerar os outros superiores a mim. Que Você Senhor seja visto em mim em todos os meus caminhos. 

E ao orar pelos perdidos, você pode usar estes versículos: 

Romanos 10:9-10 – Pai, por favor, traga (nome da pessoa) ao lugar onde (ele ou ela) possa confessar que Jesus é o Senhor e crer em seu coração que Você O ressuscitou dentre os mortos. Traga (nome da pessoa) para a salvação, Sua paz e amor. 

Atos 4:12 – Conceda a (nome da pessoa) o conhecimento e a crença de que a salvação não é encontrada em ninguém além de Jesus, pois ninguém pode chegar até Você Pai, exceto por Jesus Cristo. Como Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por Mim” (João 14:6). 

E, por fim, lembre-se sempre: “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus” (Filipenses 4:6-7).

*******


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: