Publicado por: mvmportugues | fevereiro 13, 2020

EVENTOS CATASTRÓFICOS PASSADOS E FUTUROS – 2 Pedro 3:6-14

Nos versículos seguintes, lemos sobre eventos catastróficos na Terra, um que já aconteceu e dois que ainda estão por vir. 

E pela água o mundo daquele tempo foi submerso e destruído. 

A primeira devastação ocorreu quando o dilúvio cobriu a terra nos dias de Noé, salvando apenas oito pessoas justas (Gênesis 6:8, Gênesis 7:23). Depois, Deus prometeu a Noé que nunca mais destruiria a terra por um dilúvio (Gênesis 9:13); no entanto, mais dois eventos na Bíblia predizem que Deus mais uma vez devastará a terra. 

Pela mesma palavra os céus e a terra que agora existem estão reservados para o fogo, guardados para o dia do juízo e para a destruição dos ímpios. 

Pedro nos está dizendo que o mundo antigo foi destruído pela água, assim como o mundo atual será destruído pelo fogo. Ele diz que é “pela mesma palavra.” O que ele quer dizer é que o Antigo Testamento fala do dilúvio no passado e alerta sobre a destruição por fogo no futuro. 

Não se esqueçam disto, amados: para o Senhor um dia é como mil anos, e mil anos como um dia. 

Pedro não diz que um dia são mil anos; ele diz que um dia é como mil anos. Em outras palavras, ele está usando a linguagem figurada para expressar sua opinião. O ponto é que a passagem do tempo não tem relação com a fidelidade de Deus às Suas promessas. Portanto, precisamos esperar tão pacientemente pelo Senhor como os crentes perseguidos do primeiro século fizeram e, como eles, “vivam de maneira santa e piedosa, esperando o dia de Deus e apressando a sua vinda” (versículos 11–12). 

O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Ao contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento. 

Pedro explica que uma das razões do atraso na vinda do Senhor é que Ele está pacientemente dando aos pecadores a oportunidade de se arrependerem. Mas seria um grande erro concluir que, porque Ele se atrasa, Ele não virá. Ele virá; não há dúvidas sobre isso! 

10 O dia do Senhor, porém, virá como ladrão. Os céus desaparecerão com um grande estrondo, os elementos serão desfeitos pelo calor, e a terra, e tudo o que nela há, será desnudada. 

Quando Pedro fala do dia do Senhor, ele não está apenas repetindo as palavras de Jesus em (Mateus 24:42-43), mas também o descrevendo em termos da doutrina do Dia do Senhor no Antigo Testamento. 

O Dia do Senhor é uma certeza que percorre todos os livros proféticos do Antigo Testamento. Era para vir sem aviso. Era para ser um momento em que o universo fosse abalado até suas fundações. Seria um momento de terror, como declarado pelos profetas do AT, como Isaías, Joel e Sofonias. 

  • “Vejam! O dia do Senhor está perto, dia cruel, de ira e grande furor, para devastar a terra e destruir os seus pecadores. As estrelas do céu e as suas constelações não mostrarão a sua luz. O sol nascente escurecerá, e a lua não fará brilhar a sua luz.. … Por isso farei o céu tremer, e a terra se moverá do seu lugar diante da ira do Senhor dos Exércitos, no dia do furor da sua ira” (Isaías 13:9-13).
  • “Tremam todos os habitantes do país, pois o dia do Senhor está chegando. Está próximo! É dia de trevas e de escuridão, dia de nuvens e negridão” (Joel 2:1-2).
  • “O sol se tornará em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e temível dia do Senhor” (Joel 2:30-31).
  • “Aquele dia será um dia de ira, dia de aflição e angústia, dia de sofrimento e ruína, dia de trevas e escuridão, dia de nuvens e negridão” (Sofonias 1:14-18). 

Quando reunimos outras profecias, como Isaías 65 e Apocalipse 20, vemos que quando Cristo voltar após os 7 anos de tribulação, Ele reinará na terra no trono de Davi por 1.000 anos depois que a Terra for restaurada da devastação do período da tribulação. Durante esse tempo, haverá paz sem precedentes em todo o mundo. Mas no final desse tempo, Satanás liderará uma rebelião final e Deus destruirá Seus inimigos com fogo (Apocalipse 20:9). Como entendemos, este é o dia que os céus serão desfeitos pelo fogo, e os elementos se derreterão pelo calor, de que Pedro fala no versículo 12. 

Embora Cristo ainda não tenha retornado em julgamento, esse dia assustador chegará, com conseqüências desastrosas para todos os que não se arrependeram de seus pecados. O dia do Senhor virá; não há nenhuma dúvida sobre isso e certamente acontecerá para cada um de nós no dia em que morrermos, porque, “aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo” (Hebreus 9:27). 

Não há reencarnação, onde você tem outra chance de melhorar. Não há purgatório, onde, se muitos de seus parentes orarem, acenderem velas e derem dinheiro à igreja, você acabará entrando no céu. Em vez disso, você tem um compromisso para morrer e enfrentar Deus em julgamento.

 Você está pronto para esse compromisso? 

Pedro continua: 11 Visto que tudo será assim desfeito, que tipo de pessoas é necessário que vocês sejam? Vivam de maneira santa e piedosa, 12 esperando o dia de Deus e apressando a sua vinda. Naquele dia os céus serão desfeitos pelo fogo, e os elementos se derreterão pelo calor.  

Pedro incita a necessidade de se acertar com Deus antes de que este dia terrível e inevitável chegue ao mundo inteiro, perguntando que tipo de pessoas devemos ser! Ele quer que os cristãos reflitam sobre seu comportamento e obedeçam a Deus, à luz da realidade do julgamento vindouro e da eternidade. E, ao fazer isso, ele encoraja os cristãos a esperar ansiosamente o dia de Deus que se refere ao estado eterno. 

Portanto, nossa vida deve ser marcada pela vida santa e piedosa como um testemunho para aqueles que não conhecem o Salvador, e devemos contar a outros sobre Ele para que eles possam escapar do destino terrível que aguarda aqueles que O rejeitam; enquanto esperamos “dos céus seu Filho, a quem ressuscitou dos mortos: Jesus, que nos livra da ira que há de vir” (1 Tessalonicenses 1:10). 

Toda a terra natural em sua forma atual, com todo o seu universo, será consumido (Isaías 24:19-20; 34:4) no final; e então os iníquos serão julgados no Grande Julgamento do Trono Branco, lançados no Lago de Fogo enquanto Seus remidos entrarão no estado eterno para estar com o Senhor para sempre. 

Sabendo que o céu e a terra passarão, nos deve dar um grande desejo de obedecer e agradar a Deus; compreendendo que este mundo não é nosso lar e que 13 de acordo com a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, onde habita a justiça” (2 Pedro 3:13). 

Jesus nos diz que devemos ter as prioridades certas: “Não acumulem para vocês tesouros na terra, … Mas acumulem para vocês tesouros nos céus …” (Mateus 6:19–20). 

E Pedro, depois de nos lembrar da natureza temporária deste mundo, diz: 14 Portanto, amados, enquanto esperam estas coisas, empenhem-se para serem encontrados por ele em paz, imaculados e inculpáveis.” (2 Pedro 3:14). 

Lembre-se: “Terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo!” (Hebreus 10:31) 

Cristo está voltando repentinamente e inesperadamente, portanto assegure-se que a sua vida está limpa e pronta para a Sua vinda!

*******


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: