Publicado por: mvmportugues | abril 18, 2019

TOME TEMPO PARA REFLETIR SOBRE O AVISO DE JESUS – Lucas 13:34-35

Quando Jesus chegou perto de Jerusalém, na descida do monte das Oliveiras, uma grande multidão de seguidores ia com Ele. E eles, cheios de alegria, começaram a louvar a Deus em voz alta por tudo o que tinham visto. Eles diziam: Que Deus abençoe o Rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória a Deus!” (Lucas 19:37-38)

Há um verso semelhante a este no Salmo 118:26, que é um dos grandes salmos messiânicos. Foi cumprido, pelo menos de um modo preliminar, quando Jesus entrou em Jerusalém em um pequeno burro apenas uma semana antes de sua ressurreição, reconhecendo assim que Ele estava cumprindo a profecia de Zacarias: “. . . eis que o teu rei virá a ti, justo e Salvador, pobre e montado sobre um jumento, sobre um asninho, filho de jumenta (Zacarias 9:9).

Quando Jesus entrou na cidade, muitos tomaram ramos de palmeiras, e saíram-lhe ao encontro, e clamavam: Hosana! Bendito o Rei de Israel que vem em nome do Senhor! (João 12:13). Muitos cristãos ainda comemoram essa ocasião, que eles chamam de Domingo de Ramos, uma semana antes da Páscoa.

Infelizmente naquela época a maioria das pessoas, bem como hoje em dia, duvidaram, e logo O rejeitaram completamente, clamando para Ele ser morto. Ele sabia, que isso era o que aconteceria, e Ele já havia dito: “Ó Jerusalém, Jerusalém. . . E, agora, sua casa foi abandonada, e você nunca mais me verá, até que diga: ‘Bendito é o que vem em nome do Senhor! (Lucas 13:34-35).

Quando Jesus declara; E, agora, sua casa foi abandonada”. Essas palavras solenes foram literalmente cumpridas em 70 dC, quando o general romano Tito destruiu a cidade e matou milhares de judeus, e a nação foi dispersada até 1948. Como podemos ver, Terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo” (Hebreus 10:31); então, quando Deus abandona uma nação ou um indivíduo, essa nação ou pessoa estará verdadeiramente isolada!

Jesus não apenas emite uma advertência, mas também uma promessa de que a nação O veria novamente e que da próxima vez dirão: “Bendito é o que vem em nome do Senhor,” que é uma citação messiânica do (Salmo 118:26).

Na carta de Paulo aos Romanos, essa rejeição pelos judeus teve um propósito na visão de Deus: como Paulo escreve em Romanos 11:11-32, que em resumo afirma que os judeus se recusam a aceitar as Boas Novas, então eles são inimigos de Deus. Isso aconteceu para ajudar os não-judeus. Mas os judeus ainda são o povo escolhido de Deus e Deus os ama muito; Ele os ama por causa das promessas que fez aos seus antepassados, como lemos em Isaías 59:20-21 – E virá um Redentor a Sião e aos que se desviarem da transgressão em Jacó, diz o Senhor. Quanto a mim, este é o meu concerto com eles, diz o Senhor: o meu Espírito, que está sobre ti, e as minhas palavras, que pus na tua boca, não se desviarão da tua boca, nem da boca da tua posteridade, nem da boca da posteridade da tua posteridade, diz o Senhor, desde agora e para todo o sempre.

Deus não muda de ideia a respeito de quem Ele escolhe e abençoa. Mas no passado vocês, que não são judeus, desobedeceram a Deus. Porém agora vocês receberam a misericórdia de Deus por causa da desobediência dos judeus. Assim, por causa da misericórdia que vocês receberam, os judeus agora desobedecem a Deus para que eles também possam receber agora a misericórdia dele. Pois Deus fez com que todos se tornassem prisioneiros da desobediência a fim de mostrar misericórdia a todos.

Precisamos lembrar que todos aqueles que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus (Romanos 8:14), e que “não há judeu nem grego, escravo nem livre, homem nem mulher; pois todos são um em Cristo Jesus(Gálatas 3:28), que O receberam com Salvador e Senhor de sua vida.

Como vemos, embora Deus tenha colocado Israel de lado em julgamento durante o tempo presente dos gentios, quando este período for cumprido, Israel experimentará um grande retorno a Deus logo antes da segunda vinda de Jesus, o Messias. E então a profecia de Zacarias 12:10 será cumprida, E sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e o prantearão como quem pranteia por um unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito.

Precisamos entender, que o aviso e a promessa de Lucas 13:35 não são apenas para a nação de Israel, eles também se aplicam a todos os indivíduos. Se alguém continuar em rebelião contra Deus e rejeitar o Salvador que Ele enviou, Deus os deixará desolados, não apenas neste mundo, mas por toda a eternidade. Mas se alguém se arrepender de seus pecados e confiar no Salvador que voluntariamente foi à cruz em obediência ao Pai para salvar Seu povo de seus pecados, então eles conhecerão a alegria de dizer: “Bendito é Aquele que vem em nome do Senhor!”

Se você humildemente abandonar seus maus caminhos, se arrepender e pedir a Jesus para ser seu Salvador e o Senhor de sua vida, Ele te ouvirá e você será reconciliado com Deus hoje e para a eternidade; e você reinará com Jesus quando Ele vier em Sua glória com Seus santos anjos.

Jesus disse: E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra(Apocalipse 22:12). Então, vamos estar prontos para o breve retorno de nosso Senhor e esperar que Ele nos diga: Muito bem, meu servo bom e fiel.” (Mateus 25:23). 

Então, louvemos a Deus pela Sua gloriosa graça, que Ele nos deu gratuitamente por meio do seu querido Filho.

(Efésios 1:6)

*******

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: