Publicado por: mvmportugues | março 14, 2019

VOCÊ ESTÁ EM UMA IGREJA ONDE DEUS É VERDADEIRAMENTE HONRADO E ADORADO? – Mateus 15:8-9

Este povo com a sua boca diz que me respeita, mas na verdade o seu coração está longe de mim. A adoração deste povo é inútil, pois eles ensinam leis humanas como se fossem meus mandamentos.” Mateus 15:8-9

Chega um momento em que se torna necessário deixar uma igreja com o dever de obedecer a Deus e não aos homens, e para o bem da própria consciência.

Por favor, entendam que só porque um certo lugar é chamado de igreja não significa que justifique o nome. Precisamos reconhecer que, enquanto nenhuma igreja é perfeita porque é composta de pessoas imperfeitas, as igrejas que não ensinam e carecem de fundamentos bíblicos não são lugares saudáveis ​​para participar.

Precisamos entender que uma igreja que honra a Deus deve oferecer adoração centrada em Cristo, é uma comunidade que é marcada pelo amor, ensina a verdade da Santa Palavra e sua missão é cumprir a Grande Comissão.

Então, como você sabe quando Deus está chamando você para ir a outro lugar?

Em primeiro lugar, precisamos orar uns pelos outros, para a igreja, o pastor e aqueles que estão conduzindo o rebanho, especialmente quando vemos que a liderança se está desviando dos seus deveres espirituais. Uma oração muito boa é encontrada em Colossenses 1:9-12.

Segundo, depois de muitos meses de oração e trazendo importantes erros bíblicos à atenção do seu pastor e nada muda, chega um ponto em que você já não o respeita mais e nem sua liderança. Paulo descreveu como um verdadeiro pastor humilde e honesto se conduzirá e como se comportará: É necessário, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma só mulher, moderado, sensato, respeitável, hospitaleiro e apto para ensinar…” (1 Timóteo 3:2). Ele deve ensinar as profundas verdades da Bíblia com uma compreensão clara da palavra de Deus, o que significa que ele adere à sã doutrina bíblica.

Então, você precisa ter cuidado com um pastor que confunde a verdade bíblica com seu ponto de vista pessoal; porque um pastor piedoso “deve ensinar de acordo com a sã doutrina” (Tito 2:1).

Terceiro, a família do pastor está fora de controle. Paulo ensinou que se um homem não pode liderar e supervisionar sua própria família, então ele não tem nenhum negócio tentando pastorear uma igreja: Ele deve governar bem sua própria família, tendo os filhos sujeitos a ele, com toda a dignidade (1 Timóteo 3:4).

Pois, se alguém não sabe governar sua própria família, como poderá cuidar da igreja de Deus?” (1 Timóteo 3:5). Qualquer pastor ou ancião deve comprovar que ele pode disciplinar a sua própria família antes de que ele possa orientar e dirigir outros. Ele precisa ser capaz de resolver conflitos, criar unidade e manter o amor tanto em casa como na igreja. Se ele não puder fazer essas coisas essenciais e não ver os erros do seu caminho, é hora de ir para outro lugar onde verdades bíblicas fundamentais estão sendo ensinadas e sustentadas.

Quarto, há brigas e dissensões na igreja que o pastor negligencia para manter a “paz” ou melhor, de modo que ele não precise estender energia para trazer o rebanho de volta à harmonia e sob a verdade da Palavra de Deus; quando o objetivo bíblico é de sempre levar a pessoa que está errada ao conhecimento da verdade.

Paulo estava profundamente preocupado que um pastor fosse capaz de ensinar bem a Bíblia já que,Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra (2 Timóteo 3:16-17).

Quinto, a igreja que se recusa a disciplinar membros que estão pecando descaradamente; tolera a vida profana e é caracterizada por um desprezo intencional pela Escritura, quando a palavra diz: Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também de nenhuma espécie de impureza e de cobiça; pois essas coisas não são próprias para os santos (Efésios 5:3).

Se estamos verdadeiramente na fé, devemos ter cuidado de não manter companhia com aqueles que desprezam os mandamentos de Deus porque Deus não será zombado: Felizes são aqueles que não se deixam levar pelos conselhos dos maus, que não seguem o exemplo dos que não querem saber de Deus e que não se juntam com os que zombam de tudo o que é sagrado! Pelo contrário, o prazer deles está na lei do Senhor, e nessa lei eles meditam dia e noite (Salmos 1:1–2).

Sexto, a igreja é marcada por flagrante hipocrisia, falando de boca sobre o cristianismo bíblico, mas recusando-se a reconhecer o seu verdadeiro poder – tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se desses também (2 Timóteo 3:5).

Septimo, o tempo de adoração da igreja é um desempenho teatral orgulhoso e auto-absorvido quando deveria levar a congregação a – Sala do Trono do Céu. Que a mensagem de Cristo, com toda a sua riqueza, viva no coração de vocês! Ensinem e instruam uns aos outros com toda a sabedoria. Cantem salmos, hinos e canções espirituais; louvem a Deus, com gratidão no coração(Colossenses 3:16).

Quando olhamos para o significado da adoração, há inúmeras definições da palavra; no entanto, uma em particular resume a prioridade que devemos dar ao culto como disciplina espiritual. A verdadeira adoração, em outras palavras, é definida pela prioridade que damos a quem Deus é em nossa vida e onde Deus está em nossa lista de prioridades. A verdadeira adoração é uma questão do coração expressada através de um estilo de vida de santidade.

Pergunte a si mesmo se a sua igreja honra ou não a Deus vivendo uma vida santa, encorajando a adoração verdadeira, ensinando a verdade da Sua Santa Palavra, está construindo relacionamentos significativos uns com os outros e alcançando os perdidos.

Se isso não está acontecendo onde você está participando, então ore sobre isso e deixe o Espírito Santo guiá-lo porque Deus pode estar chamando você para sair e ir para um outro lugar.

NOTA: A falta de humildade e integridade nos líderes religiosos é um problema universal nas igrejas cristãs evangélicas e levou um número muito grande de cristãos verdadeiros a deixar as igrejas organizadas e de começar estudos em casa para que pudessem ter estudos bíblicos precisos e honestos.

Este movimento “fora da igreja” cresceu muito, e estamos ouvindo mais e mais sobre isso todos os dias. Por favor, não sintam que estejam sozinhos, pois em todo o mundo há milhares de cristãos que estão nesta mesma situação. Não importa se você mora em uma cidade grande ou pequena; o evangelho está sendo diluído em toda parte e a ênfase está em agradar as multidões em vez de honrar o Senhor.

Nós pessoalmente entramos em contato com muitos que se sentem assim. Estes são cristãos que uma vez ensinaram a escola dominical, dirigiram o coro e até mesmo pastores que agora deixaram a igreja. Eles são cristãos comprometidos, perspicazes e dedicados ao Senhor, que se cansaram dos jogos que estão sendo jogados dentro do sistema da igreja; eles estão cansados ​​da atmosfera chamativa, da burocracia interna, e decidiram que não querem mais fazer parte dela.

Esses devotados cristãos foram fiéis a freqüentar a igreja; no entanto, eles estão cansados ​​de não serem alimentados e de ter que ouvir dez a vinte minutos de piadas e histórias. Onde está o tempo destinado àqueles que estão sofrendo e precisando ouvir sobre seu maravilhoso Salvador, eles perguntam? Muitas vezes há somente quinze minutos atribuídos ao sermão e a mensagem nem é biblicamente correta. A igreja está cheia de ostentação, mas está desprovida do Espírito Santo.

Há tantos novos programas modernos que vêm e vão, e não ensinam a verdade da Palavra de Deus. Não há interação nos estudos bíblicos. Muitas vezes o DVD é configurado e você escuta uma lição gravada apenas para preencher o tempo, já que aqueles que deveriam estar ensinando acham mais fácil sentar-se e escutar, em vez de se preparar e trazer um estudo significativo para aqueles que estão participando. A coisa que os verdadeiros cristãos estão percebendo é que a igreja está ficando cada vez mais distante dos ensinamentos da igreja primitiva.

Estes devotos cristãos estão famintos pela palavra e não estão sendo alimentados; e o que acontece com aqueles que são bebês em Cristo? Eles precisam ouvir a verdade da palavra de Deus e aprender como construir uma base sólida; e não de base construída na areia movediça. Se a igreja não fizer o seu trabalho, então precisamos ensinar as pessoas a construir uma fundação sobre a rocha sólida de Jesus Cristo.

Muitos deixaram sua igreja e procuraram outro lugar para adorar. No entanto, depois de visitar outras igrejas, eles descobriram com tristeza que não eram “melhores” do que o lugar que haviam deixado.

Várias dessas pessoas se reuniram com outros cristãos buscadores da verdade e iniciaram estudo em casa. Outros optaram por ficar em casa e esperam encontrar uma mensagem através do rádio ou da televisão que seja fiel à Palavra.

Se você já passou por isso, não se sinta sozinho, existem milhares de pessoas como você no mundo. Agradecemos seus comentários relacionados a este tópico ou qualquer outra questão que você possa ter.

O Senhor te abençoe e te guarde;

o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti;

o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.

Números 6: 24-26

*******

 


Responses

  1. A Paz do Senhor Jesus! Obrigado pelos esclarecimentos. Deixei a ir a cultos na Igreja ha algum tempo .Hoje encontrei respostas satisfatorias.

    • Obrigado Eduardo, que Deus te guie e que você encontre uma igreja ou um grupo que ensine a verdade da Santa Palavra de Deus.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: