Publicado por: mvmportugues | fevereiro 7, 2019

O FRUTO DO ESPÍRITO – Gálatas 5:22-23

Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. (Gálatas 5:22-23)

Quando aceitamos a Jesus Cristo como nosso Salvador e fazemos Dele o Senhor da nossa vida, o Espírito Santo vem e vive dentro de nós e nos guiará e nos ajudará a entender a palavra de Deus. Por causa dessa ajuda, podemos nos tornar mais parecidos com Jesus e demonstrar os dons do Espírito.

AMOR

O amor é o primeiro fruto do Espírito mencionado. Jesus disse que o maior mandamento é amar a Deus e amar uns aos outros (Marcos 12:30-31). Quando amamos a Deus com todo nosso coração, alma, mente e força, e amamos nosso próximo como a nós mesmos, mostramos ao mundo que pertencemos a Jesus. No entanto, até que você saiba que Deus ama você, será difícil amar a Deus e amar os outros.

É somente quando o amor de Deus começa a fluir e entrar em nossa vida que podemos começar a amá-Lo, e amar uns aos outros até o grau e a intensidade que Deus realmente gostaria de ver em cada um de nós.

O amor escolhe deixar de lado as próprias preferências e desejos para colocar a outra pessoa em primeiro lugar (Filipenses 2:1-3).

ALEGRIA

É fácil ter alegria quando as coisas estão indo do nosso jeito. Mas é uma outra história quando a vida é difícil. No entanto, os seguidores de Jesus são chamados a ter alegria o tempo todo – não apenas quando a vida é boa.

Alegria significa “regozijo e prazer” – “Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se!” (Filipenses 4:4). À medida que nos apegarmos a Jesus, permanecendo diariamente em nosso relacionamento com Ele, experimentaremos a plenitude de alegria que Jesus nos conta no relato da videira e dos ramos; e no último versículo Jesus diz: “Eu lhes disse isso para que minha alegria esteja em você e que sua alegria seja completa” (João 15:4-11)

PAZ

Infelizmente, o mundo não oferece muita paz; e a razão pela qual o mundo não tem paz é porque eles não conhecem o Príncipe da Paz. Jesus disse: “Deixo com vocês a paz. É a minha paz que eu lhes dou; não lhes dou a paz como o mundo a dá. Não fiquem aflitos, nem tenham medo” (João 14:27).

Jesus também disse: “Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo” (João 16:33).

E as Escrituras nos dizem: Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus” (Filipenses 4:6-7). 

PACIÊNCIA

Como vivemos neste mundo acelerado, não vemos muita paciência hoje em dia. Mas os cristãos têm o Espírito Santo vivendo neles, desejosos de demonstrar paciência aos que nos rodeiam. As pessoas pacientes demonstram tranquilidade, longanimidade e perseverança.

Assim como Deus é paciente enquanto espera que os perdidos venham a Ele, O Senhor não demora a fazer o que prometeu, como alguns pensam. Pelo contrário, ele tem paciência com vocês porque não quer que ninguém seja destruído, mas deseja que todos se arrependam dos seus pecados(2 Pedro 3:9), Ele chama Seu povo para ser paciente ao estendermos a oferta de salvação em Cristo aos outros. Sejam sempre humildes, bem-educados e pacientes, suportando uns aos outros com amor” (Efésios 4:2).

Devemos também lembrar que: O homem irritável provoca dissensão, mas quem é paciente acalma a discussão” (Provérbios 15:18).

AMABILIDADE

Nós nos abrimos para a obra sobrenatural do Espírito Santo quando pedimos a Ele que produza em nós um coração amável, porque a gentileza produz frutos maravilhosos tanto em nossas vidas como nas vidas daqueles que nos rodeiam. A Bíblia diz: “Sejam amaveis e tenham compaixão uns dos outros. Perdoem uns aos outros como também Deus, em Cristo, perdoou a vocês” (Efésios 4:32).

Devemos sempre lembrar que uma palavra amável, uma ação gentil para uma pessoa pode realmente fazer maravilhas para ela. Provérbios diz: Quem segue a justiça e a amabilidade encontra vida, justiça e honra” (21:21).

BONDADE

A Bíblia diz que é a bondade de Deus que levará os pecadores ao arrependimento e à salvação. Deus demonstrou Sua bondade e amor para conosco em nossa salvação (Tito 3:4) e continuará a “mostrar as riquezas imensuráveis ​​de Sua graça na bondade que ele demonstrou por nós em Cristo Jesus” por toda a eternidade (Efésios 2:7).

Muitas pessoas dizem que o que os atraiu a querer saber mais sobre Deus foi o amor e a bondade que eles viram brilhando através de um crente. Por isso mesmo, empenhem-se para acrescentar à sua fé a virtude; à virtude o conhecimento; ao conhecimento o domínio próprio; ao domínio próprio a perseverança; à perseverança a piedade;  à piedade a fraternidade; e à fraternidade o amor (2 Pedro 1:5-7).

FIDELIDADE

Ser fiel é ser confiável, firme e inabalável. Para o cristão, significa ser fiel ao nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo que nos redimiu. A fidelidade cristã, portanto, é a submissão e a obediência contínua e consistente ao mesmo Espírito que nos fornece a capacidade de sermos fiéis.

Ser fiel a Deus significa não colocar outras coisas acima Dele; Que o amor e a fidelidade jamais o abandonem; prenda-os ao redor do seu pescoço, escreva-os na tábua do seu coração. Então você terá o favor de Deus e dos homens, e boa reputação” (Provérbios 3:3-4).

Os cristãos devem responder a Deus em fidelidade, assim como Paulo permaneceu fiel a Deus, apesar de tremendas pressões: Dou graças a Cristo Jesus, nosso Senhor, que me deu forças e me considerou fiel, designando-me para o ministério (1 Timóteo 1:12).

A palavra também descreve alguém disposto a sofrer perseguição e até a morte pelo amor de Cristo. Por esta causa nos gloriamos em vocês entre as igrejas de Deus pela perseverança e fé demostrada por vocês em todas as perseguições e tribulações que estão suportando (2 Tessalonicenses 1:4). 

MANSIDÃO

A mansidão está intimamente ligada à humildade; não é fraqueza, mas é força sob controle. Paulo instruiu Timóteo que, ao servo do Senhor não convém brigar mas, sim, ser amável para com todos, apto para ensinar, paciente. Deve corrigir com mansidão os que se lhe opõem, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento, levando-os ao conhecimento da verdade, para que assim voltem à sobriedade e escapem da armadilha do Diabo, que os aprisionou para fazerem a sua vontade (2 Timóteo 2:24-26). E na carta para a igreja na Galácia, ele escreveu que aqueles que foram surpreendido em algum pecado deveriam ser restaurados com um “espírito de mansidão (Gálatas 6:1).

A mansidão envolve a humildade e a gratidão para com Deus, e um comportamento educado e contido para com os outros. Os opostos da mansidão são a raiva e o desejo de vingança. Se, no entanto, permitirmos que o Espírito Santo nos conduza, estaremos cheios do fruto de mansidão.

DOMÍNIO PRÓPRIO

Uma das provas do trabalho de Deus em nossas vidas é a capacidade de controlar nossos próprios pensamentos, palavras e ações. O domínio próprio leva à perseverança e à piedade (2 Pedro 1:6) em vez da gratificação instantânea do mundo.

O domínio próprio é um dom que nos liberta. Isso nos libera para desfrutar dos benefícios de uma mente e corpo saudáveis. Isso nos liberta de uma consciência culpada. O domínio próprio restringe a indulgência de nossos desejos tolos e encontramos liberdade para amar e viver como somos destinados em Cristo Jesus.

Quando o Espírito nos dá domínio próprio, Ele nos dá a capacidade de recusar o pecado, porque sabemos: que a nossa maneira antiga de viver morreu com Cristo na cruz, para que a nossa natureza pecadora não tenha mais poder sobre nós e, assim, não sejamos mais escravos do pecado (Romanos 6:6).

Como verdadeiros cristãos nascidos de novo, temos o Espírito Santo produzindo Seu fruto em nós e temos o poder do Espírito Santo disponível para conquistar os atos da natureza pecaminosa. E assim, se alguém está em Cristo, é uma nova criatura. As coisas velhas já passaram; tudo é novo! (2 Coríntios 5:17)

O fruto do Espírito é o que Deus deseja que nossa vida exiba e, com a ajuda do Espírito Santo, podemos! “Tudo posso naquele que me fortalece” (Filipenses 4:13).

*******

Anúncios

Responses

  1. Que maravilha termos sido alvo do amor de Deus que nos adotou como filhos e implantou em nós o Seu Espírito para nos santificar e nos preparar para ser sal e luz da Terra, como embaixadores do Rei Jesus. Louvado seja Deus por Seu amor eterno


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: