Publicado por: mvmportugues | janeiro 10, 2019

COMO IDENTIFICAR UMA IGREJA VERDADEIRA – Atos 2:42-47

É vital ter líderes piedosos e humildes que ensinam as pessoas para viverem uma vida santa e reforçarem esses ensinamentos, vivendo vidas honestas, humildes e santas eles mesmos. Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos(Tiago 1:22).

Em primeiro lugar, as Escrituras são a base de tudo na igreja e devem ser ensinadas com precisão e sem desvio. Precisa ser uma igreja que priorize o ensinamento bíblico expositivo e pregue a verdade da Palavra de Deus.

A maneira mais eficaz de criar discípulos ao longo do tempo é chamada de pregação e ensino expositivo. Ensino expositivo significa ir verso por verso, parágrafo por parágrafo e capítulo por capítulo, a fim de ensinar, explicar e aplicar os significados das Escrituras.

Somente uma igreja que conhece a Bíblia pode esperar ter uma igreja que agrade a Cristo!

Em segundo lugar, uma igreja que humildemente louva a Deus através da música e da adoração. Onde as pessoas são cheias do Espírito; falando entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando de coração ao Senhor (Efésios 5:18-19).

Verdadeiros cânticos espirituais são compostos, sob a liderança do Espírito Santo, com a finalidade de trazer adoradores à Sala do Trono do Céu. Os hinos foram escritos para ensinar as grandes verdades bíblicas; e canções de adoração contemporâneos que seguem essas orientações podem oferecer isto também.

Deve haver uma alegria reverencial ao cantar e adorar ao Senhor.

Terceiro, uma igreja que ora desenvolve intimidade com Deus. Muito poucas vezes a Bíblia registra Paulo orando por alguém para ser curado; no entanto, ele orou freqüentemente para que o espírito humano fosse amadurecido: Oro para que, com as suas gloriosas riquezas, ele os fortaleça no íntimo do seu ser com poder, por meio do seu Espírito, para que Cristo habite no coração de vocês mediante a fé; e oro para que, estando arraigados e alicerçados em amor, vocês possam, juntamente com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus (Efésios 3:16-19).

Nós como a igreja invisível de Deus precisamos orar por outros e com outros. Isto é importante porque a pesquisa mostra que 98 por cento de todos os cristãos falham em levar alguém a Cristo. 

Quarto, uma igreja onde as pessoas regularmente e generosamente doam. O dízimo e a doação fazem parte da adoração a Deus, e é mais do que dar dinheiro para coisas que parecem ser materiais. O crente precisa entender que ele está devolvendo a Deus o que Ele lhes deu. Eles devem ser gratos por poder ajudar a igreja a crescer e ajudar outros em necessidade.

Quinto, uma igreja onde a comunhão permeia os crentes. Quando a primeira igreja nasceu no dia de Pentecostes, depois que Pedro dirigiu as multidões lemos onde a comunhão dos novos cristãos começou a dedicar-se ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações. Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade.  Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava diariamente os que iam sendo salvos (Atos 2:42-47).

A comunhão envolve derramar nossa vida para ensinar e ajudar os outros.

Sexto, uma igreja que se concentra em ajudar as pessoas que estão sofrendo, alimentando e cuidando de suas ovelhas. Jesus ensinou a Pedro uma valiosa lição depois de tê-Lo negado três vezes; e o motivou a amar aos outros quando Ele disse a ele: “Cuide dos meus cordeirosPastoreie as minhas ovelhasCuide das minhas ovelhas (João 21:15-18).

Precisamos lembrar que uma igreja que ama a Deus é odiada por Satanás, portanto, o corpo de crentes precisa estar alerta e de mente sóbria porque o Diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar (1 Pedro 5:8).

Como resultado, a igreja precisa ensinar que toda área de nossa vida que não se rendeu totalmente ao Espírito Santo está aberta ao ataque de Satanás.

Felizmente, Deus nos deu todas as ferramentas necessárias para sermos vitoriosos na guerra espiritual. Em Efésios 6:10-18, Paulo descreve a armadura espiritual necessária para encontrar a vitória. E Tiago 4:7 nos diz: Submetam-se a Deus. Resistam ao Diabo, e ele fugirá de vocês.

Portanto, como Paulo ensinou sua congregação que, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus (Romanos 12:1). Isto é o que cada verdadeiro cristão deve fazer também.

E que devemos trabalhar com entusiasmo e não ser preguiçosos. Devemos servir o Senhor com o coração cheio de fervor (Romanos 12:11).

*******


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: