Publicado por: mvmportugues | janeiro 4, 2019

QUANDO NÃO TEMOS CERTAS, PRECISAMOS ORAR – Salmo 143:8

“Mostra-me o caminho que devo seguir, pois a Ti elevo a minha alma.” (Salmo 143:8)

Quando a vida está indo bem, muitas vezes continuamos sem dar muito tempo para a oração. Muitos de nós oramos, mas nossa oração muitas vezes não nos leva a profunda comunhão com Deus. Quando surgem problemas ou tragédias, é quando nossas orações tendem a aumentar e tornar-se mais fervorosas.

O Rei Davi escreveu numerosas orações sinceras pedindo a Deus para estar com ele, para protegê-lo e vingá-lo, e para lembrá-lo de acordo com o amor e a justiça de Deus. Vemos sua ansiosa oração a Deus no Salmo 27:7 – “Ouça minha voz quando eu chamo, ó Senhor; seja misericordioso comigo e responda-me.” Como vemos, as provações nos forçam a recorrer e confiar em Deus.

Infelizmente, a maioria de nós vivemos nossas vidas no piloto automático. Nós nos levantamos, trabalhamos, comemos, vamos para a cama, e repetimos tudo de novo. Mesmo quando surgem dificuldades, nossa autoconfiança aumenta, e nos afastando de Deus. Mas quando as coisas ficam difíceis e nossa capacidade de manter até mesmo um semblante de normalidade e controle, então tendemos a correr para Deus.

Não devemos esperar até que isso aconteça, para descobrir que Deus está sempre lá para nos consolar e nos guiar.

Se pertencemos a Cristo, temos o Espírito Santo habitando dentro de nós, e um dos papéis do Espírito é alinhar os crentes com a vontade de Deus. Esse processo ocorre progressivamente ao longo do tempo, à medida que Ele altera nossos pensamentos, desejos e prioridades para se alinharem mais intimamente com os Dele. Esse processo geralmente acelera durante as provas e tragédias. Precisamos lembrar que se obedecermos ao Senhor “O Espírito da verdade. . . me guiará a toda a verdade” (João 16:13).

Quando não temos certeza da vontade de Deus para nossa vida, devemos orar e meditar em Sua Palavra porque ela nos guia: “Mostra-me o caminho que devo seguir, pois a ti elevo a minha alma” (Salmo 143:8) e, “guia-me com a tua verdade e ensina-me, pois tu és Deus, meu Salvador, e a minha esperança está em ti o tempo todo” (Salmo 25:5).

Quando estiver em dúvida, devemos perguntar-lhe: Se eu estiver tomando uma decisão errada, Senhor, por favor, deixe seu Espírito Santo despertar minha consciência e se eu estiver tomando à decisão correta, me dê paz e encoraje a prosseguir de acordo com a Sua vontade, porque meu Senhor me guiará constantemente (Isaías 58:11).

O Senhor nos guiará, e se Ele está nos chamando para andar em fé, precisamos pedir a Ele que nos encoraje pela Sua presença. “Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar” (Josué 1:9). E precisamos nos lembrar de “lançar toda a nossa ansiedade sobre Ele porque Ele cuida de nós” (1 Pedro 5:7).

Precisamos “Confiar no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento;
reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas”
(Provérbios 3:5-6).

Se o que estamos pedindo está de acordo com os planos de Deus para nós, Ele nos dará a paz que transcende todo o entendimento e abrirá o caminho; e se não, Ele nos mostrará outra direção que Ele já tem em mente para nós.

Provérbios 16:3 nos diz para “consagrar ao Senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos.”

Qualquer que seja a nossa necessidade ou medo hoje; precisamos ir diante do trono da graça em confiança porque Cristo já fez o caminho. Precisamos contar a Deus nossas inquietudes e preocupações. Peça por resgate e libertação. Em vez de nos desesperarmos com o que poderia acontecer, precisamos correr para Aquele que segura o mundo na palma de Suas mãos. Precisamos descansar em Jesus que disse: “Portanto eu lhes digo: Não se preocupem com sua própria vida, quanto ao que comer ou beber; nem com seu próprio corpo, quanto ao que vestir. Não é a vida mais importante que a comida, e o corpo mais importante que a roupa? Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas? Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?” (Mateus 6:25-27).

Precisamos encontrar nossa paz no conhecimento de que Ele é o Alfa e Ômega, Aquele que conhece o começo e o fim. Nada no nosso futuro surpreenderá a Deus porque tudo está sob o Seu domínio e cuidado soberano. E porque pertencemos a Ele, “sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito” (Romanos 8:28).

Lembre-se sempre de que, uma vez que pedimos, precisamos começar a agradecer a Deus por Sua fidelidade em nos guiar e nos mostrar o caminho. Portanto, “descanse no Senhor e aguarde por Ele com paciência” (Salmo 37:7). A oração contínua, persistente e incessante é uma parte essencial da vida cristã e flui da humildade e dependência de Deus.

A promessa é que: “Os que esperam no Senhor renovarão as suas forças e subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão” (Isaías 40:31).

*******

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: