Publicado por: mvmportugues | setembro 6, 2018

O AVISO DE DEUS SOBRE ACRESCENTAR OU TIRAR DAS ESCRITURAS – Apocalipse 22:18-19

Declaro a todos os que ouvem as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhe acrescentar algo, Deus lhe acrescentará as pragas descritas neste livro. Se alguém tirar alguma palavra deste livro de profecia, Deus tirará dele a sua parte na árvore da vida e na cidade santa, que são descritas neste livro. (Apocalipse 22:18-19)

Essa séria advertência no último capítulo da Bíblia foi dada pelo glorificado Senhor Jesus; portanto, deve ser levado muito a sério.

Embora a advertência o em Apocalipse 22:18-19 se aplique especificamente ao Apocalipse, seu princípio deve ser aplicado a toda a Palavra revelada de Deus. Devemos ter cuidado para lidar com a Bíblia com cuidado e reverência, de modo a não distorcer sua mensagem. 

Moisés fez uma advertência semelhante em Deuteronômio 4:1-2, onde advertiu os israelitas de que deveriam ouvir e obedecer aos mandamentos do Senhor, sem acrescentar nem tirar sua Palavra revelada. Provérbios 30:5-6 contém uma admoestação similar a qualquer um que acrescente às palavras de Deus, ele será repreendido e provado mentiroso.

No Salmo 119:89 lemos que a palavra de Deus está estabelecida para sempre no céu. Através da história foi gradualmente transmitida aos homens na Terra através dos profetas denominados por Deus, e 2 Timóteo 3:16 declara que: Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça. As palavras de Deus são uma extensão do próprio Deus, são inspiradas por Deus, oferecendo sabedoria perfeita para a vida e as informações necessárias para encontrar a vida eterna em Jesus Cristo (João 3:16; Efésios 2:8-9).

Hebreus 4:12 nos lembra: Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração. Precisamos entender que, se pessoas acreditem ou não, que a Bíblia é a inerrante Palavra de Deus. Em Hebreus 1:1 lemos que: Há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos antepassados por meio dos profetas. Eles foram os que Deus escolheu para escrever Seus ensinamentos e mandamentos para o Seu povo naquele tempo e para nós agora.

Este testemunho final e aviso de Cristo para aqueles que professam ser Seus seguidores é um claro mandamento de não adicionar (Apocalipse 22:18) ou tirar as “palavras” inspiradas da Bíblia. Há muitas pessoas em vários cultos seguindo algum líder que acha que recebeu alguma nova palavra inspirada de Deus. Isso é muito imprudente; no entanto, existem muitos falsos profetas, ou seja, sacerdotes, pastores, evangelistas, missionários, etc., em denominações que, presumidamente, eliminam ou explicam os versículos bíblicos que consideram não científicos ou ofensivos de alguma forma. Isso é muito perigoso e muito tolo, pois aqueles cujos nomes não são encontrados “no livro da vida” serão “lançados no lago de fogo” (Apocalipse 20:15).

É verdade que dois cristãos podem interpretar certas passagens de maneiras diferentes. Mas eles não estarão muito distantes se acreditarem que a Bíblia é a inerrante e inspirada Palavra de Deus, especialmente se eles realmente acreditam que Deus é capaz de dizer o que Ele quer dizer. Os autores da Bíblia usam ocasionalmente linguagem figurada, nesse caso, quaisquer símbolos são normalmente explicados no contexto. Quando o escritor claramente pretende ser entendido literalmente, como no primeiro capítulo de Gênesis, por exemplo, é perigoso impor algum significado metafórico à passagem por causa de considerações externas. Isto parece ser o que Paulo chamou de “distorcer a palavra de Deus falsamente” (2 Coríntios 4:2).

Portanto, esta advertência é dada especificamente àqueles que distorcem a mensagem do livro do Apocalipse. O próprio Jesus é o Autor do Apocalipse e o que dá a visão ao apóstolo João (Apocalipse 1: 1). Como tal, Ele conclui o livro com uma confirmação de Seu testemunho da finalidade das profecias contidas em Apocalipse. Estas são Suas palavras, e Ele adverte contra distorcer de qualquer forma, seja através de adições, subtrações, falsificações, alterações ou interpretações errôneas intencionais. O aviso é explícito e terrível. As pragas do Apocalipse virão sobre qualquer um culpado de adulterar de alguma forma as revelações contidas no livro, e aqueles que ousarem fazê-lo não terão parte na vida eterna no céu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: