Publicado por: mvmportugues | agosto 30, 2018

DEUS NOS CONSOLA PARA QUE POSSAMOS CONSOLAR A OUTROS – 2 Coríntios 1:3-4

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda consolação, que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados de Deus. (2 Coríntios 1:3-4)

Paulo abre esta carta louvando a Deus que lhe mostrou tanta misericórdia e consolação. Como vemos, Paulo conhece a misericórdia e consolação de Deus em primeira pessoa, porque, como diz Spurgeon:
“Aqui estava um homem que nunca sabia se ele ia morrer no dia seguinte, porque seus inimigos eram muitos, cruéis e poderosos, e, no entanto, ele passou a maior parte de seu tempo louvando a Deus.”

Ele chama Deus de “Pai das misericórdias” e o “Deus de toda consolação”. Em Sua misericórdia e amor, Deus está ansioso para proporcionar consolo a Seus filhos em qualquer e todas as circunstâncias. Qualquer que seja a provação que enfrentamos, nosso Pai Celestial conhece a situação e oferece consolo quando necessário. O fato de que Ele é o Deus de todo o consolo nos ensina que toda a consolação, em última análise, vem Dele. Ele é a nossa fonte de paz, alegria e bênção. 

Como é que Deus nos consola? Ele faz isso quando nós sinceramente O buscamos através da oração, lendo as Escrituras, ouvindo a liderança do Espírito Santo que habita em nós, através de amigos piedosos e algumas vezes até através da ocorrência providencial. 

Uma vez que tenhamos experimentado a compaixão e consolação de Deus no meio de uma provação, estaremos melhor equipados para ministrar esse mesmo consolo aos outros. Sabemos o que é preciso, pela graça de Deus, para ajudar os outros que estão sofrendo; e em consolando aqueles que têm problemas; nós glorificamos a Deus, dando uma idéia de como Ele consola aqueles que estão com problemas.

O encorajamento que recebemos como cristãos flui através de nós para os outros para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados de Deus (2 Coríntios 1: 4). Como a graça, a consolação é uma dádiva ativa e poderosa que não apenas é recebida, mas ativamente compartilhada com os outros, e sobrenaturalmente multiplicada para avançar o reino de Deus.

Paulo se deleitou e teve razão suficiente para considerar Deus como a fonte da verdadeira consolação, como todos os cristãos deveriam. Não há outra fonte real de felicidade além de Deus; e Ele pode e está disposto a dar consolo ao Seu povo. Ele prometeu e enviou o Consolador, o Espírito Santo, para realizar isso em nós.

Por favor, lembre-se que não há quantidade de sofrimento humano que possa ultrapassar ou exceder os recursos no coração de Deus para trazer consolo, sustento e graça para nós suportarmos. Nós nunca precisamos duvidar se Deus está à altura da tarefa de prover o que nossa alma mais precisa para sobreviver, até mesmo prosperar, no meio do pior sofrimento e dificuldades imagináveis. Foi somente porque Paulo estava confiante de que o a consolação de Deus correspondia e excedia seu sofrimento, que ele foi capaz de transmitir esse conforto aos outros quando enfrentavam provações similares, talvez até mais severas, do que as suas. 

Nada na vida de Paulo foi interpretado como existente ou ocorrendo apenas para si mesmo. Foi para ajudar os outros, assim como Cristo deu de Si mesmo, e nós também devemos fazê-lo. 

Que tipo de conforto você recebe da sua fé em Deus? Do seu relacionamento diário pessoal com Deus, como você poderia compartilhar a bênção desse tipo de conforto com um membro da família, um amigo ou um colega de trabalho que está sofrendo atualmente? Que palavras de conforto você pode trazer para outros? 

Aqui estão alguns: 

Não tenha medo nem desanime, pois o próprio Senhor irá adiante de vocês. Ele estará com vocês; não os deixará nem os abandonará.” (Deuteronômio 31:8)

O amor do Senhor não tem fim! Suas misericórdias são inesgotáveis. Grande é sua fidelidade; suas misericórdias se renovam cada manhã. (Lamentações 3:22-23)

E Jesus disse: Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbe o seu coração, nem tenham medo.” (João 14:27)

 

*******

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: