Publicado por: mvmportugues | junho 7, 2018

O QUE SIGNIFICA TER VERDADEIRA LIBERDADE EM CRISTO? – Gálatas 5:1

Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão. (Gálatas 5:1) 

A Bíblia nos diz que somos ou escravos do pecado ou escravos da justiça. Aqueles que são escravos do pecado não podem se libertar dele, mas uma vez que somos libertos da penalidade e do poder do pecado por crermos em Seu sacrifício expiatório na cruz e fazemos de Jesus o Senhor da nossa vida, nos tornamos um tipo diferente de escravo, e encontramos paz completa e verdadeira liberdade em Cristo. 

Por que, então, tantos chamados ‘cristãos’ continuam vivendo como se eles ainda estivessem em escravidão? É porque eles estão, e os com falsa fé não reconhecem sua própria escravidão ao pecado. O pecado é a última causa do mal, do sofrimento e da falta de liberdade. Então, o que Deus quer que façamos a respeito do pecado? Por que Ele nos ordena a nos arrependermos, e o que é o arrependimento? 

A Bíblia mostra que o arrependimento é uma decisão significativa, pessoal e transformadora, porque o arrependimento é caracterizado por uma compreensão da seriedade do pecado, um profundo desejo de ser perdoado e um compromisso determinado de mudar nosso comportamento e pensamentos para parar de pecar. O arrependimento é uma rendição incondicional a Deus e procurar fazer o que Deus nos diz. 

Se não nos arrependermos, não poderemos ser perdoados ou receber o dom da vida eterna, e em vez disso, receberemos a penalidade da morte que merecemos. Mas se nos arrependermos e nos submetermos a Deus, Ele perdoará e proverá a ajuda que precisamos para mudar e nos preparará para a vida eterna (Atos 3:19). 

Paulo diz aos efésios, quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a serem renovados no modo de pensar e a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santidade provenientes da verdade (Efésios 4:22-24). 

Um verdadeiro cristão realiza que ele foi crucificado com Cristo (Gálatas 2:20) e que ele renasceu como uma completa nova criatura (2 Coríntios 5:17). A vida cristã é uma de morte para si e re-nascimento para “viver uma vida nova” (Romanos 6:4), e essa nova vida é caracterizada por obediência a Jesus que nos salvou. 

É vital que fortaleçamos a nova natureza liberta, alimentando-nos continuamente com a Palavra de Deus e, através da oração, para obter o poder que necessitamos para escapar ao desejo de voltar à velha vida pecaminosa. Então realizamos que nosso novo status como escravos de Cristo é a única verdadeira liberdade, e invocaremos Seu poder para “não permitir que o pecado reine em seu corpo mortal, cedendo aos desejos pecaminosos” (Romanos 6:12). 

Jesus disse: “Eu lhes digo a verdade: todo o que peca é escravo do pecado. O escravo não é membro permanente da família, mas o filho faz parte da família, para sempre. Portanto, se o Filho os libertar, vocês serão livres de fato” (João 8:34-36). A liberdade em Cristo é a única forma verdadeira de liberdade, porque provê liberdade duradoura além desta vida. Por outro lado, aqueles com a falsa fé confiam em sua própria justiça ou religião para salvá-los, e não somente em Cristo. 

Uma pessoa que experimentou a verdadeira liberdade em Cristo é chamada a viver como Seu escravo. O apóstolo Paulo foi um exemplo disso, pois muitas de suas cartas começaram com a introdução de si mesmo como “escravo de Cristo Jesus” (Romanos 1:1). A verdadeira liberdade vem do conhecimento de Cristo através da fé genuína, que vem pelo estudo de Sua palavra e consequentemente obedecendo Seus mandamentos. 

Lembre-se, o pecado escraviza as pessoas e causa a morte espiritual e a eternidade à parte de Deus. Conhecer a Cristo fornece a liberdade do controle do pecado, e a vida eterna com Ele.

Somos libertos para servir a Cristo porque a palavra de Cristo é a verdade que verdadeiramente nos liberta quando permanecemos nela. Quando realmente cremos em Cristo, Ele nos dá o desejo de agradá-Lo e nos dá a capacidade de obedecê-Lo enquanto andamos pelo Espírito que vive em nós. Ele nos dá oportunidades diariamente para dizer não ao pecado e ao egoísmo e para servir a outros com amor. 

As mais lindas palavras que um cristão quer ouvir de Jesus é: “Muito bem! Você é um servo bom e fiel!” (Mateus 25:21), mas primeiro certifique-se de que você é realmente salvo. Os incrédulos nunca ouvirão essas palavras, pois “sem fé é impossível agradar a Deus” (Hebreus 11:6). E reconheça que Jesus não é apenas seu Salvador; Ele também pergunta: “Por que vocês me chamam: ‘Senhor, Senhor’ e não fazem o que eu digo?” (Lucas 6:46). 

E as palavras mais devastadoras que alguém acreditando ser um cristão jamais ouvirão são: “Afastem-se de mim, seus malfeitores!” Porque “nem todo o que me diz: “Senhor, Senhor” entrará no reino do céu, mas somente aquele que faz a vontade de meu Pai que está no céu! Quando aquele Dia chegar, muitas pessoas me dirão: “Senhor, Senhor! Não foi em seu nome que nós profetizamos? Também não foi em seu nome que expulsamos demônios? Não foi em seu nome, ainda, que fizemos muitos milagres?” Eu, porém, lhes direi abertamente: “Eu nunca os conheci!” (Mateus 7:21-23). 

Por favor, saibam que um verdadeiro cristão nascido de novo tem liberdade em Cristo, porque as Escrituras nos dizem: “Agora, portanto, já não há nenhuma condenação para os que estão em Cristo Jesus. Pois em Cristo Jesus a lei do Espírito que dá vida os libertou da lei do pecado, que leva à morte” (Romanos 8:1-2).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: