Publicado por: mvmportugues | maio 3, 2018

A TEIMOSIA CONDUZ À IRA DE DEUS – Romanos 2:5-6

Mas por causa de sua teimosia e seu coração impenitente, você está armazenando ira contra si mesmo para o dia da ira de Deus, quando seu justo julgamento será revelado. Deus recompensará a cada pessoa de acordo com o que elas fizeram. (Romanos 2: 5-6) 

A Bíblia divide toda a raça humana em duas classes; os justos que se alegram diante de Deus (Salmo 68:3) e os ímpios, com quem Deus está zangado todos os dias (Salmos 7:11). Os justos são aqueles que têm verdadeira fé em Cristo e que foram renovados pelo Espírito Santo. Seu egoísmo original e teimosia é subjugado e morto, e eles vivem uma nova vida através da graça sempre presente de Jesus Cristo. 

Todo pecador tem a oportunidade de experimentar a graça de Deus enquanto está vivo; mas precisa entender que no inferno não há graça. O homem não terá desculpa no julgamento final e não haverá escapatória do onisciente, onipresente e todo-poderoso Deus. Jesus disse: “Serpentes! Raça de víboras! Como vocês escaparão da condenação ao inferno?” (Mateus 23:33). Nem ateus, pagãos, falsos cristãos ou judeus incrédulos podem escapar do julgamento final e eterno de Deus. 

Paulo escreve: “Ou será que você despreza as riquezas da sua bondade, tolerância e paciência, não reconhecendo que a bondade de Deus o leva ao arrependimento?” (Romanos 2:4). Todos os pecadores experimentam a bondade abundante, a paciência e a longanimidade de Deus. Em outras palavras, Deus nos criou e provê para todas as nossas necessidades; Ele não nos deixa quando pecamos; e Ele é longânimo para conosco. Ele não nos pune instantaneamente por nossos pecados, mas espera pacientemente para ver se nos arrependermos e pensamos diferente sobre Ele, antes que seja finalmente tarde demais. Ele espera para ver se abandonaremos todos os nossos pecados e voltaremos a servi-Lo com toda a nossa mente, alma e coração. Precisamos entender que o propósito da graça de Deus é de nos levar ao arrependimento. 

Deus poderia ter nos julgado há muito tempo, em vez disso, Ele mostra a abundância de Sua bondade; no entanto, muitos ignoram intencionalmente o propósito da bondade de Deus, são teimosos e se recusam a se arrepender. Pedro nos diz que Deus é paciente conosco, “não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento” (2 Pedro 3:9).

 Infelizmente, a maioria das pessoas hoje abusam da bondade, paciência e longanimidade de Deus recusando-se teimosamente a responder a Deus e tornando seus corações mais endurecidos e impenitentes. Envolvendo-se em um pecado cada vez maior, eles se tornam mais violentos, perversos e imundos, armazenando assim para si mesmos a ira de Deus enquanto vivem uma vida pecaminosa, e condenada para uma eternidade no Lago de Fogo. 

O julgamento de Deus é um julgamento justo. “Mas por causa de sua teimosia e seu coração impenitente, você está armazenando ira contra si mesmo para o dia da ira de Deus, quando seu justo julgamento será revelado” (Romanos 2: 5), e todos os incrédulos devem esperar por tal julgamento. 

“Deus dará a cada pessoa de acordo com o que ele fez “ (Romanos 2:6). Todo indivíduo que já viveu será julgado pelo que fez enquanto estava no corpo. Todo homem, sendo criação de Deus, deve obedecer a Deus e adorá-Lo apenas, e ele será julgado por suas ações. Ele se conformou com a verdade de Deus, ou trocou a verdade por uma mentira? Ele suprimiu a verdade para praticar a maldade? Paulo está dizendo que cada um de nós será julgado pelo que fizemos. Então ele escreve: “Haverá tribulação e angústia para todo ser humano que pratica o mal” (Romanos 2:9). 

Ou produzimos boas obras, evidenciando nossa justificação pela fé, ou produzimos obras mortas, demonstrando nossa incredulidade, teimosia, falta de arrependimento e inimizade contra Deus. Aqueles que são salvos pela graça através da fé devem produzir boas obras: “Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos” (Efésios 2:10). 

Boas obras são obras de Deus; é o fruto produzido devido à nossa união vital com a videira de Cristo. Se não produzimos frutos de obediência, não temos nenhuma conexão vital com Cristo. É verdade que não somos salvos pelas obras, mas pela fé somente; entretanto, a fé salvadora sempre se ajustará em obediência a Deus. Paulo escreve: “Jesus Cristo se entregou por nós a fim de nos remir de toda a maldade e purificar para si mesmo um povo particularmente seu, dedicado à prática de boas obras” (Tito 2:14); portanto, para um cristão, fazer boas obras é algo natural e que dá prazer.

Então, qual é o veredicto final do julgamento de Deus? Paulo escreve: “Deus dará a cada pessoa de acordo com o que ele fez.” Para aqueles que com perseverança fazem o bem, Ele dará a vida eterna, mas indignação e ira aos que são contenciosos e desobedientes à verdade e obedientes à iniquidade;  tribulação e angústia sobre toda alma do homem que faz o mal (Romanos 2:6-9). 

O que podemos fazer à luz desta verdade sóbria do julgamento final e eterno? Primeiro, devemos entender que aqueles que já morreram não podem fazer nada. Seu destino foi selado (Hebreus 9:27); mas para aqueles que ainda estão vivos, há uma grande esperança. Arrependa-se e creia no Senhor Jesus e você será salvo. Jesus é o Juiz, mas Ele também é o único Salvador do mundo. A cruz revela a justiça e a ira de Deus, mas também revela Seu grande amor: “Portanto, agora não há condenação para os que estão em Cristo Jesus” (Romanos 8:1). 

Nenhum homem pode escapar do Juiz ou do julgamento, portanto, busque a Cristo e a vida eterna, e busque a paz com Deus através do arrependimento e fé. Existem apenas dois tipos de gente, crentes e incrédulos; apenas dois caminhos, o largo e o estreito; e apenas dois destinos, a vida eterna e a morte eterna. 

Qual deles você vai escolher? Quanto a mim e a minha casa, serviremos ao Senhor. (Josué 24:15)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: