Publicado por: mvmportugues | abril 26, 2018

AQUELES SEM O ESPÍRITO NÃO PODEM ENTENDER A PALAVRA DE DEUS – 1 Coríntios 2:12-15

 

Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. 13 As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. 14 Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 15 Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. (1 Coríntios 2:12-15) 

Nestes dois primeiros versículos, aprendemos que Deus se deleita em revelar Seus profundos pensamentos para nós, como Paulo escreve: “ Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. 13 As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.” 

Como é que algumas pessoas podem ler uma passagem bíblica e encontrá-la, cansativa, confusa ou mesmo tola, enquanto outras recebem grande compreensão e bênção da mesma passagem? A resposta é que muitos estão funcionando apenas pelo espírito do mundo, “o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência” (Efésios 2:2), enquanto outros são habitados pelo Espírito de Deus, tendo recebido o Espírito Santo quando eles confiaram em Cristo para o perdão e a salvação. 

No momento em que confiamos em Jesus Cristo e decidimos segui-Lo e obedecê-Lo, recebemos o Espírito Santo como “garantia” de sua salvação (2 Coríntios 1:22; Efésios 1:14). Portanto, o Espírito Santo foi provido a todo crente para que possamos obter as respostas de Deus através da verdade da Sua Palavra; e o Espírito de Deus, que conhece os pensamentos mais íntimos de Deus, comunica essas realidades a nós. 

Em contraste, Paulo explica por que algumas pessoas não respondem ao Espírito Santo: “Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 

O homem natural é uma pessoa que não tem o Espírito Santo. Seus valores naturais são físicos e materiais. Uma pessoa assim não pode entender as coisas espirituais. Elas são controlados por sentimentos, impulsos e desejos. Eles só podem pensar por raciocínio natural, escolhas lógicas feitas com base em metas centradas como o sucesso, a riqueza, o poder e o prazer. Tal pessoa “não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura”. Isso significa literalmente que elas não recebem as coisas de Deus e, portanto, não podem discernir aquelas coisas que são verdadeiras, porque elas não têm o receptor espiritual, o Espírito Santo, para capacitá-los a apreciar a verdade de Deus. 

Se você diz que a Bíblia é muito difícil de entender, que você não tem tempo para ler-la, porque é muito cansativo e enfadonho, você precisa entender que você não nasceu de novo e você não tem o Espírito Santo vivendo em você. 

Um cristão recém-nascido pode não ter muito conhecimento sobre a Bíblia, mas ele tem o desejo de aprender mais, e assim busca a verdade de Deus e esta ansiosos para fazer perguntas, que é um sinal de que o Espírito habita nele. 

Paulo continua, dando uma perspectiva contrastante: “A pessoa espiritual, porém, pode avaliar todas as coisas, mas ela mesma não pode ser avaliada por ninguém.” Pessoas espirituais são aqueles cristãos nos quais o Espírito se tornou o poder fundamental da vida, e que consistentemente obedecem o ensinamento da Escritura. Como resultado, eles têm um grande potencial para serem usados ​​por Deus pelo poder do Espírito Santo. Paulo entendeu e pregou a mensagem da cruz, ele era uma pessoa espiritual com a capacidade de discernir os corações dos coríntios. Em contraste, sua incapacidade de compreender a cruz revelou sua condição não espiritual e desqualificou-os de criticar Paulo (verso 15). 

O crente maduro pode portanto, discernir, apreciar e compreender a essência da verdade espiritual. Eles oram sobre questões difíceis e checam a palavra de Deus em busca de respostas em tudo o que fazem; e fazendo assim; eles têm a garantia de tomar a posição sobre valores e questões sobre as quais o mundo inconverso está totalmente confuso. Na realidade, o mundo não pode nos entender. Somos um mistério e eles não entendem por que alguém é voluntário para o ministério de crianças ou para o ministério de jovens, ano após ano, ou dão 10% de sua renda para o trabalho do Senhor. Eles não podem entender por que alguém quer falar sobre Jesus o tempo todo e torná-Lo o centro de sua atenção. Nosso estilo de vida parece estranho para as pessoas deste mundo e temos convicções que outras pessoas não tem, nós somos gentis e compassivos quando outros são cruéis; isto, porque temos uma visão da mente de Cristo. 

Paulo encerra esta seção com estas palavras dramáticas: “Porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo” (1 Coríntios 2:16). Aqui Paulo cita Isaías 40:13, onde o profeta exaltava a majestade e o mistério insondável de Deus, e nos lembra que não podemos conhecer a mente de Deus à parte do Espírito Santo. Pois sem a luz do Espírito de Deus, nós estaremos no escuro. 

A mente de Cristo é a disposição de servir em vez de ser servido e de dar nossa vida como servos para outros, e isso pode ser visto no entendimento da pessoa sobre a cruz, e se eles tomam a sua cruz diariamente para seguir a Cristo (Lucas 9:23). 

Se você comprometer sua vida a Jesus Cristo, Ele enviará o Espírito Santo o professor da verdade para viver em você e você conhecerá a verdade e a verdade o libertará (João 8:32). Você finalmente terá a capacidade de entender e terá o desejo de aprender e obedecer a Sua Santa Palavra. É triste ver, no entanto, que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más (João 3:19). 

Você no entanto tem uma escolha: “Se, porém, não lhes agrada servir ao Senhor, escolham hoje a quem irão servir, se aos deuses que os seus antepassados serviram além do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra vocês estão vivendo. Mas, eu e a minha família serviremos ao Senhor” (Josué 24:15).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: