Publicado por: mvmportugues | abril 19, 2018

ADVERTÊNCIA PARA NÃO CAUSAR ALGUÉM A PECAR – Mateus 18:6

“Mas se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe seria amarrar uma pedra de moinho no pescoço e se afogar nas profundezas do mar.” (Mateus 18:6) 

Esta é uma mensagem tão importante que Marcos e Lucas também se referem a ela. 

Ser uma pedra de tropeço para “um destes pequeninos que crêem em mim” é uma ofensa grave. A referência aqui é para uma pessoa que foi convertida e se torna humilde como uma criança. Jesus retrata a seriedade de fazer com que um crente ou uma criança inocente caia em pecado de uma maneira muito gráfica, dizendo que seria melhor ter sido morto por afogamento no mar mais profundo com uma pedra pesada ao redor do pescoço. 

A pedra de moinho descrita aqui é uma rocha grande e pesada que era cortada em forma de roda e puxada por um burro.

Esta forma de execução foi usada ocasionalmente pelos romanos para matar um criminoso. Esse tipo de execução pagã teria sido inimaginavelmente horrível para os judeus, mas Jesus disse que sofrer uma morte tão terrível seria melhor do que causar um dos pequeninos que crêem em mim a pecar. 

Enquanto lemos, Jesus pronuncia “ai” sobre aqueles que são tais obstáculos e afirma que os obstáculos são inevitáveis. É certo que eles vão ocorrer por dois motivos principais. O primeiro é que o mundo e o pecador odeiam a Deus. Jesus disse em João 15:18-19: “Se o mundo os odeia, tenham em mente que antes me odiou. Se vocês pertencessem ao mundo, ele os amaria como se fossem dele. Todavia, vocês não são do mundo, mas eu os escolhi, tirando-os do mundo; por isso o mundo os odeia.” Porque o mundo odeia a Deus, ele também odeia aqueles que pertencem a Cristo, e aqueles que são mundanos usarão múltiplos meios para tentar fazer com que as pessoas se afastem de Deus. Os métodos usados ​​incluirão falsas doutrinas para atrair os desejos das pessoas, e alguns desses esforços serão inspirados e fortalecidos por demônios (Efésios 6:12). Infelizmente, muitos desses métodos serão por pessoas que são amigáveis ​​e parecem querer fazer algo de bom para você, e o elemento comum serão as mentiras que afastam a pessoa das verdades da palavra de Deus. 

Precisamos estar conscientes de que as pedras de tropeço também são causadas por cristãos imaturos que ainda estão lutando contra o pecado e acabam destruindo um ao outro em vez de se ajudar. Isso não deveria ser, mas essa é a realidade vista tanto na Bíblia quanto na experiência em nossa própria vida. 

Vamos dar uma olhada na Bíblia, pois é perigoso pensar que somente aqueles que não são cristãos serão pedras de tropeço; já que precisamos estar plenamente conscientes de que os cristãos também podem se tornar pedras de tropeço se não formos cuidadosos. 

Aqui estão vários avisos sobre isso. Romanos 14:13 diz aos crentes para “não colocar pedra de tropeço ou obstáculo no caminho do irmão.” 1 Coríntios 10:32 adverte os crentes a “não se tornarem motivo de tropeço, nem para judeus, nem para gregos, nem para a igreja de Deus.” Os cristãos não devem fazer com que os irmãos crentes caiam em pecado, nem tampouco impedir que não-cristãos venham a Cristo por causa de sua conduta em promover o pecado. 

Quais são algumas das maneiras pelas quais os crentes podem atrair ou serem atraídos ao pecado? A atração direta ao pecado pode vir através de conselhos que se revelem ímpios. Dar conselho anti-bíblico promove o pecado, e aquele que dá esse conselho está fazendo com que os filhos de Deus tropeçam. Essas pessoas estão em grave perigo de serem abordadas um dia com as mesmas palavras que o Senhor advertiu em Mateus 7:23. “Então eu lhes direi claramente: Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!” 

A indução direta ao pecado também vem quando você tenta convencer alguém a concordar com sua própria prática pecaminosa. Por exemplo: Um marido ou esposa que leva seu cônjuge para alguma forma imoral de entretenimento, quando Efésios 5:25-27 diz aos maridos para levar suas esposas à pureza, não à impureza. Uma outra maneira é assistindo filmes violentos, pornográficos e satânicos em casa na presença de seus filhos e ignorando seus apelos para desligá-lo porque eles estão com medo. 

As pessoas também podem tropeçar por meio das nossas ações, porque o exemplo que estabelecemos pode atrair a pessoa a pecar por nos imitar. Isto é especialmente importante em casa porque as crianças são facilmente impressionáveis ​​e emulam o que seus pais estão fazendo. Precisamos também entender que novos cristãos, e cristãos imaturos também são muito impressionáveis; e, como ainda não estão bem familiarizados com a palavra de Deus, muitas vezes acabam acreditando que a piedade é aquilo que o “cristão mais maduro” está fazendo. 

Aqui estão algumas perguntas: Quão fiel você é para o Senhor, sua esposa e sua família? Qual é a sua atitude em relação ao dízimo? O que você assiste na TV ou que filmes você vai ver? Que tipo de empregado você é, você rouba do seu chefe? Que tipo de roupa você veste…você revela demais? 

Há uma história de um homem que gostava de beber álcool mais do que de sua família. Uma noite ele saiu para ir ao seu bar favorito. Ao voltar, a caminho de casa, ouviu passos suaves na neve atrás dele. Lá estava seu menino de cinco anos que disse quando ele alcançou seu pai, “Eu estou tentando seguir seus passos, papai”. 

Que tipo de exemplo você está definindo para aqueles que estão te seguindo? Cada um de nós precisa dar atenção à advertência que Paulo deu a Timóteo, “. . . seja um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza” (1 Timóteo 4:12). 

Você também pode ser um obstáculo pela maneira em que você lida com os outros. Quando você fala, é a verdade com amor? Ou você fala com o julgamento condenatório que Jesus alertou em Mateus 7:1-4? Você responde a outros crentes de maneiras que irão ajudar-los ou derrubá-los? Os pais são especificamente alertados em Efésios 6:4 para “Não provocar vossos filhos à ira”. E Colossenses 3:21 acrescenta: “Pais, não irritem seus filhos, para que eles não desanimem.” Os princípios nesses versículos têm um sentido e aplicação mais ampla do que apenas para pais. 

A frustração e a raiva podem facilmente resultar quando você demonstra favoritismo ou exige expectativas irrealistas. Se você é mais crítico do que encorajador, você pode fazer com que outra pessoa desanime. Quando você é insensível, não é carinhoso e é cruel, você pode fazer com que outros membros do corpo de Cristo caiam em pecado. 

1 João 2:10 fala sobre a principal questão de como evitar ser uma pedra de tropeço, dizendo que “quem ama seu irmão permanece na luz, e nele não há causa de tropeço.” Quanto mais você permanece na luz, isto é, anda no Espírito obedecendo as diretrizes que Deus deu nas Escrituras, e quanto mais você ama seu irmão, menos você será uma causa de alguém cair em pecado. 

A busca da santidade é a cura para os dois problemas, seja se desviado ou levando alguém ao mau caminho. Qualquer coisa que moralmente ou espiritualmente te prende, faz com que você caia em pecado ou permaneça em pecado, deve ser eliminada rápida e totalmente.

Todo cristão deve considerar-se crucificado com Cristo, morto para o pecado e vivo para a justiça. Portanto, examine-se e certifique-se de que você está na fé e que o Espírito Santo vive em você. Isso acabaria com o egoísmo que estimula a mesquinhez, o descontentamento, o controle das emoções e uma série de outros pecados. 

Cada um de nós precisa permanecer na luz, lutar pela santidade e amar uns aos outros para que não haja motivo de tropeço. 

E lembre-se que: “Àquele que é poderoso para impedi-los de cair e para apresentá-los diante da sua glória sem mácula e com grande alegria, ao único Deus, nosso Salvador, sejam glória, majestade, poder e autoridade, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor, antes de todos os tempos, agora e para todo o sempre! Amém” (Judas 24-25).


Responses

  1. Muito bom maravilhoso esse texto glória a Deus

    • Obrigado Bruno. Que bom que esse texto da palavra de Deus te ajudou. Deus é tão fiel e sempre está presente para nos ajudar. Bênçãos para você.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: