Publicado por: mvmportugues | março 29, 2018

O PERIGO DE RECUSAR A MENSAGEM DE DEUS – Oséias 4:17

“Efraim está entregue aos ídolos; deixa-o.” (Oséias 4:17) 

Efraim, significando todo o povo de Israel, as dez tribos, tinham sido advertido novamente, e novamente, e porque eles não prestaram atenção a advertência, mas recusaram a mensagem de Deus, e continuaram em seu pecado, finalmente Deus foi provocado por eles, e disse a seu servo Oséias: “Efraim está entregue aos ídolos; deixa-o”. Ele basicamente disse, não desperdice mais a sua energia nessas mentes apostatas, seu caso tornou-se completamente sem esperança; cesse seu trabalho, vá para outro lugar onde corações serão tocados e ouvidos serão abertos à Palavra; deixe-os. 

A queixa de Deus contra Israel a acusou de um espírito apóstata e muitas iniquidades. A verdade e a lealdade foram substituídas por mentiras e imoralidade. A repreensão foi inútil porque foi ignorada. Israel havia esquecido a lei de seu Deus e, portanto, foi “destruído por falta de conhecimento” (Oséias 4:6). Não apenas o povo, mas também os sacerdotes que encorajavam o pecado para seu próprio benefício seriam eliminados. “O espírito de prostituição” fez com que Israel se desviasse das leis de Deus (Oséias 4:12). 

Nosso Deus é longânimo e cheio de misericórdia, mas há uma linha que não deve ser atravessada. É perigoso presumir que Deus sempre continuará a perdoar; para aqueles que se recusarem a obedecer e crer, um dia Ele se tornará em um “fogo consumidor” (Hebreus 12:29). 

Toda vez que você se recusa a ouvir a mensagem de misericórdia, você se fortalece na incredulidade. Toda vez que você deixa de abrir a porta do seu coração para Cristo, você tem menos vontade de ouvir a voz Dele e diminui sua chance de responder ao último apelo de misericórdia. Que não seja escrito de você, como do antigo Israel, “Efraim se une aos ídolos; deixe-o.” Não deixe que Cristo chore por você como Ele chorou por Jerusalém, dizendo: “Quantas vezes eu quis reunir os seus filhos, como a galinha reúne os seus pintinhos debaixo das suas asas, mas vocês não quiseram! Eis que a casa de vocês ficará deserta” (Lucas 13:34-35). 

Para aqueles que se recusam a abandonar seus maus caminhos, as Escrituras contêm muitos avisos semelhantes.

  • “Meu Espírito não contenderá com ele para sempre” (Gênesis 6:3).
  • ” Deixem-nos; eles são guias cegos. Se um cego conduzir outro cego, ambos cairão num buraco” (Mateus 15:14).
  • “Não dêem o que é sagrado aos cães, nem atirem suas pérolas aos porcos; caso contrário, estes as pisarão e, aqueles, voltando-se contra vocês, os despedaçarão” (Mateus 7:6).
  • “Além do mais, visto que desprezaram o conhecimento de Deus, ele os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem o que não deviam” (Romanos 1:28).

O perigo para aqueles que se recusam a andar na luz é quando Deus traz sobre eles a terrível crise de serem deixados a seguir seus próprios caminhos. Eles começam a tomar sua própria decisão insensata, e a consciência se torna mais grelhada e a voz de Deus parece tornar-se cada vez mais distante, e a pessoa é deixada à sua própria paixão. Quando isso acontece, a pessoa resiste a cada apelo, despreza todos os conselhos e se afasta de todas as provisões feitas para sua salvação. . . . O Espírito de Deus não exerce mais um poder restritivo sobre eles, e a sentença é passada, “suas ações não permitem que retornem ao seu Deus. Um espírito de prostituição está em seu coração; eles não reconhecem o Senhor” (Oséias 5:4). Este é o processo pelo qual a alma passa, que rejeita a obra do Espírito Santo e se recusa a ouvir os avisos de Deus, e se afastaram Dele. 

Estas devem ser palavras sóbrias para qualquer um que está se tornando rebelde, e está se encantando com bruxaria, idolatria, ocultismo, perversão, prostituição ou qualquer forma de humanismo. Como vemos, o inimigo promete prazer, conforto, fuga e excitação. Mas o que ele realmente dá é uma vida de escravidão à luxúria, pornografia, imoralidade e adultério; uma escravidão que arruína o relacionamento com Deus e com pessoas. 

Para aqueles que não sabem ou não deram muita atenção, cometer adultério ou participar em cometer adultério, que também se refere à maneira como a sociedade se veste de forma provocante para fascinar o sexo oposto, não deixando nada à imaginação, mas ostentando e revelando tudo o que eles têm. Tudo o que o espírito de prostituição pode realmente proporcionar é a morte. Jesus disse: “Mas eu lhes digo: Qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração” (Mateus 5:28); e nesta geração isto vale tanto para homem como para mulher. 

Infelizmente, as pessoas estão tão alheias pelo seu comportamento, desobediência, falta de conhecimento e por suas ações, que não conseguem realizar que não farão parte de uma eternidade no céu, mas passarão uma eternidade no inferno à parte de Deus (1 Coríntios 6:9). 

Em uma nota positiva e esperançosa, enquanto a pessoa tiver qualquer inquietação da consciência, há esperança de que ela ainda possa voltar para o verdadeiro Deus da criação; no entanto, continuando no curso atual é presunçoso e mortal. A hora virá, talvez mais cedo do que eles pensam, quando Deus dirá: “Deixe-o”. 

Ao lermos o livro de Oséias, vemos que Deus não permitirá que o pecado fique impune, no entanto, também fala da misericórdia de Deus (Oséias 1:10-11; 2:14-17; 2:21-23). O desejo sincero de Deus era que Seu povo se arrependesse de seus pecados (Oséias 14:1). Deus quer que todos nós O sirvamos, porque é isso que nossos corações realmente deveria desejar de fazer. Ele quer que nossas “palavras” revelem um coração de humildade e sujeição à Sua vontade (Oséias 14:2). Deus deseja que Seu povo “O busque sinceramente” (Oséias 5:15) e confesse seus pecados (Oséias 14:2). 

Nada mudou ao longo dos anos. Deus ainda exige nosso interesse, humildade e sujeição (Mateus 12:33). O cristão hoje deve ter cuidado para não permitir que um interesse neste mundo interfira em seu eterno interesse em Deus. Portanto, “Quem é sábio? Aquele que considerar essas coisas. Quem tem discernimento? Aquele que as compreender. Os caminhos do Senhor são justos; os justos andam neles, mas os rebeldes neles tropeçam” (Oséias 14:9).

Lembre-se de que Deus é cheio de misericórdias, mas se continuarmos em rebelião contra Ele, chegará um tempo em que Ele dirá: “Deixe-o”.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: