Publicado por: mvmportugues | agosto 30, 2017

AVISOS DE PAULO PARA OS ÚLTIMOS DIAS – 2 Timóteo 3:1-4

Lembre-se disto: Nos últimos dias haverá tempos difíceis.As pessoas serão egoístas, avarentas, orgulhosas e arrogantes. Elas falarão mal de Deus, desobedecerão aos pais, serão ingratas e não se incomodarão com as coisas de Deus. Elas não terão amor pelos outros, não perdoarão a ninguém, serão caluniadoras, não terão domínio próprio, serão cruéis e inimigas do bem. Elas também serão traidoras, atrevidas, estarão cheias de orgulho e amarão mais os prazeres do que a Deus. 2 Timóteo 3:1-4

Observando as pessoas e a juventude de hoje, e considerando o lado obscuro da sua cativação com a tecnologia e mídia digital, podemos nos perguntar se estamos chegando perto da geração que Paulo descreve nestes versículos. Na verdade, devemos perguntar – já estamos lá?

O crescimento da tecnologia que causa mudanças rápidas em nossa cultura poderia ter sido um tema abordado por Jesus há milhares de anos, quando falou com seus discípulos sobre sinais do fim da era (Mateus 24:15; Apocalipse 13:14). Em Marcos 13:12, Ele também profetizou sobre um momento em que as crianças se rebelariam contra seus pais, até o ponto de causar a morte.

A mensagem de Paul foi que Deus é Soberano; dando aviso a uma geração futura do crescimento do conhecimento, ciência e tecnologia ainda por vir.

As pessoas serão egoístas. O amor próprio é orgulho e é a raiz de toda maldade. É um desprezo total por Deus. Está bem se amamos a nós mesmos como a criação de Deus, mas esta escritura está falando sobre pessoas que amam seus estilos de vida pecaminosos e estão, na verdade, venerando a si mesmos, em vez de adorar humildemente o nosso Criador e Deus Todo-Poderoso.

Nunca na história do mundo a sociedade esteve tão motivada pela auto-gratificação. Esta é a geração do “que há para mim”; seja no trabalho, na igreja ou onde quer que a oportunidade possa se apresentar.

As pessoas serão avarentas ou “amantes do dinheiro”. A recusa de negar-se a si mesmo já aumentou uma dívida enorme à nossa sociedade. Os cristãos lamentam que eles “não podem dar” dízimos para a igreja ou dar às missões. A razão é que eles são amantes de si mesmo e do dinheiro, e compram coisas demais com credito que nem podem pagar.

As pessoas serão orgulhosas e arrogantes“. Elas são auto-suficientes e arrogantes, elas não precisam de ninguém, e especialmente não precisam de Deus em sua vida!

As pessoas desobedecerão aos pais, serão ingratas e não se incomodarão com as coisas de Deus. O Senhor revelou a Paul um futuro, quando a unidade familiar iria desmoronar.

Olhando para o futuro, o apóstolo Paulo escreveu sobre os dias em que uma geração como zumbis cresceria para ser absorvida por si mesma, sem carinho natural e desdenhosos com os pais. Ele advertiu sobre “tempos terríveis” nos últimos dias.

A desagregação da disciplina na família, o comportamento ingrato de crianças malcriadas e indisciplinadas que inevitavelmente segue, e a grande maldade que inevitavelmente deriva de tais condições são características da história atual do nosso tempo.

Paulo continua com o colapso total da sociedade: as pessoas não terão amor pelos outros, não perdoarão a ninguém, serão caluniadoras, não terão domínio próprio, serão cruéis e inimigas do bem. Elas também serão traidoras, atrevidas, estarão cheias de orgulho e amarão mais os prazeres do que a Deus.

Finalmente, não haverá regras, nem absolutos morais, nem restrições de qualquer tipo. Todo homem faz o que está certo em seus próprios olhos e ai da pessoa que se atreve a questionar sua “escolha de estilo de vida”.

O ensino de Paulo é que a intensificação e a proliferação destas coisas marcarão a apostasia final.

Qual deve ser a nossa resposta quando lemos e consideramos esses versículos? Realize que nosso tempo é curto. O que fazemos por Cristo deve ser feito agora! Não podemos descansar e pensar que temos muito tempo. Estamos vivendo em tempos perigosos. As pessoas estão atadas ao pecado e precisamos ensinar aqueles que querem ouvir sobre Jesus antes que seja tarde demais.

Paulo nos desafia a ser sábio e não ser orgulhoso e rebelde… mas entendendo os tempos … aproveitar ao máximo e fazer tudo o que pudermos, para trazer as pessoas a um conhecimento salvífico de Cristo. Então que podemos fazer?

Olhando para o resto deste capítulo, Paulo adverte Timóteo para viver uma vida piedosa no meio de um mundo escurecido. Devemos ser luz! Devemos resplandecer para que outros possam ver nossas boas obras e glorificar a Deus.

Pais preocupados deveriam olhar para a sabedoria divina do Rei Salomão, que ensina sobre a influência que eles têm na formação das vidas de seus filhos, especialmente daqueles que ainda vivem em casa. Nestes primeiros anos, os pais ainda têm o poder de ditar o relacionamento da criança com a tecnologia e a freqüência com que pode e como deve ser usada.

Lembre-se: “Instrui a criança no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se desviará dele.” Provérbios 22:6

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: