Publicado por: mvmportugues | abril 6, 2017

COISAS QUE DEUS DETESTA – Provérbios 6:16-19

Há seis coisas que o Senhor odeia, sete coisas que ele detesta: 17 olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, 18 coração que traça planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal, 19 a testemunha falsa que espalha mentiras e aquele que provoca discórdia entre irmãos. (Provérbios 6:16-19) 

OLHOS ALTIVOS 

A palavra altiva é definida pelo dicionário como ‘orgulhoso’. A palavra é sempre usada na Bíblia no sentido maligno de ‘arrogante, condescendente e colocando-se acima de outros’; e é definido em contraste com ser humilde. 

Olhos altivos são descritos em Provérbios 21:4 como pecado, juntamente com um coração orgulhoso. Ter olhos altivos é ter um comportamento arrogante; é uma atitude geral do coração que faz com que alguém ridicularize ou ‘olhe com desprezo’ sobre outros. A pessoa altiva, assim como Satanás, se coloca acima de outros e, finalmente, acima de Deus. 

Quando somos altivos ou arrogantes, nos tornamos o centro de atenção e tudo gira em torno de nós. Há pouca, se alguma, preocupação com o que os outros pensam e não há consideração por Deus. No orgulho e na soberba, é onde todo pecado começa. 

Quando Jesus, que é co-igual a Deus Pai, e ao Espírito Santo desde a eternidade do passado, encontrou pessoas cuja vida estava em uma confusão absoluta, Ele não olhou para eles com desaprovação. Mas disse: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. 29 Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas(Mateus 11:28-29). 

 E em Isaías 66:2 encontramos estas palavras do Senhor: “Não foram as minhas mãos que fizeram todas essas coisas, e por isso vieram a existir?”, pergunta o Senhor. “A este eu estimo: ao humilde e contrito de espírito, que treme diante da minha palavra.” 

Enquanto o orgulho sempre nos distancia de outros, a humildade aproxima as pessoas. Jesus veio em humildade porque Sua missão envolveu atrair as pessoas de volta à Deus. Porque Deus ama a humildade, Ele odeia olhos altivos. 

A LÍNGUA MENTIROSA 

Mentir envolve fazer declarações intencionalmente falsas. Isso revela falta de piedade, porque os justos odeiam o que é falso, mas os ímpios trazem vergonha e desgraça (Provérbios 13:5). 

A mentira é a marca de uma pessoa infiel, porque a testemunha sincera não engana, mas a falsa transborda em mentiras (Provérbios 14:5) 

Os mentirosos amam a conversa impura e o ímpio dá atenção aos lábios maus;o mentiroso dá ouvidos à língua destruidora. (Provérbios 17:4). Mentirosos tenham cuidado porque; sua parte estará no lago que arde com fogo e enxofre, que é a segunda morte (Apocalipse 21:8). 

Como seguidores de Jesus Cristo, somos chamados a despirar do velho homem com suas práticas, que inclui a mentira (Colossenses 3:9). 

MÃOS QUE DERRAMAM SANGUE INOCENTE 

A definição de derramamento de sangue inocente em referência a esta escritura é assassinar alguém que não tem culpa. Já que fomos criados à imagem de Deus, aqueles que derramaram sangue inocente desprezam não só a vida humana, mas também o próprio Deus, e o Senhor detesta os assassinos e os traiçoeiros (Salmo 5:6). 

O aborto é algo que prevalece no nosso mundo de hoje que se encaixa exatamente na descrição da escritura que fala sobre “a mão que derrama sangue inocente”. Os bebês são inocentes e não fizeram nada digno de morte, mas tantas pessoas sentem que têm o direito de matar uma criança por causa da inconveniência que podem causar. 

A Bíblia nos diz não matarás (Êxodo 20:13) 

O maior exemplo que vemos nas escrituras da perda da vida inocente é Jesus. Quando Ele foi morto, mesmo o homem que o condenou à morte sabia que Jesus não havia feito nada de errado para merecer morrer (Mateus 27:23-24). 

UM CORAÇÃO QUE TRAÇA PLANOS PERVERSOS 

A maldade é definida como algo ‘que é moralmente errado e com intenção deliberada de prejudicar as pessoas’. 

Isto abrange pensar ou tramar mal contra qualquer indivíduo para benefício pessoal ou outras intenções maléficas. Qualquer pecado é um plano perverso, mas o coração de um homem maléfico continuamente esquema para trazer outros à ruína, seja fisicamente ou espiritualmente. 

O coração trama planos maléficos, devido à astúcia e tentações do diabo. Aqueles “que no coração tramam planos perversos e estão sempre provocando guerra. Afiam a língua como a da serpente; veneno de víbora está em seus lábios.  Protege-me, Senhor, das mãos dos ímpios; protege-me dos violentos, que pretendem fazer-me tropeçar” (Salmo 140:2-4). 

Pois, do interior do coração dos homens vêm os maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os roubos, os homicídios, os adultérios, 22 as cobiças, as maldades, o engano, a devassidão, a inveja, a calúnia, a arrogância e a insensatez. 23 Todos esses males vêm de dentro e tornam o homem ‘impuro’, (Marcos 7: 21-23). 

“O coração é enganoso acima de todas as coisas, e desesperadamente perverso: quem pode conhecê-lo?” (Jeremias 17:9). Portanto, todas as intenções e reflexões do coração do homem são naturalmente malignas se ele não tem uma relação com seu Criador e Salvador – “Mas se andarmos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros , e o sangue de Jesus, seu Filho, purifica-nos de todo o pecado.” (1 João 1: 7) 

PÉS QUE SE APRESSAM PARA FAZER O MAL 

Aqueles, cujos pés se apressam rapidamente ao mal, não mostram nenhuma resistência ao pecado e perecerão. 

A Palavra nos diz: “Não participem das obras infrutíferas das trevas; antes, exponham-nas à luz.” (Efésios 5:11). 

Devemos viver pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. (Gálatas 5:16). E não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção” (Efésios 4:30). 

Devemos “resistir ao diabo e ele fugirá de você” (Tiago 4:7). 

A TESTEMUNHA FALSA QUE ESPALHA MENTIRAS 

Já vimos que Deus odeia “a língua mentirosa”. Aqui temos um tipo mais específico de mentira. Deus odeia uma falsa testemunha – alguém que comete perjúrio, acusando uma pessoa inocente de algo que eles não fizeram. 

A proibição de dar testemunho falso é o nono dos Dez Mandamentos, e o Novo Testamento também o condena. Porque, a testemunha falsa não ficará sem castigo, e aquele que despeja mentiras perecerá. (Provérbios 19:9). 

Os cristãos são novas criações em Cristo (2 Coríntios 5:17), e, como tal, refletimos Sua natureza. Nós fomos liberados de nosso “velho homem” com suas práticas más, tais como mentir e dar testemunho falso. 

AQUELE QUE PROVOCA DISCÓRDIA ENTRE IRMÃOS 

Em muitas situações, conflitos entre irmãos e até mesmo dentro da igreja parece inevitável, mas qualquer um que intencionalmente provoca perturbação da paz no corpo de Cristo desagrada a Deus, já que isto dá razão para que outros pequem e para eles continuarem a pecar (1 João 2: 9-11; 4:19-21). 

As pessoas, que fofocam ou caluniam de outros, geralmente se sentem plenamente justificadas no que estão dizendo. Mas a questão de saber se uma pessoa se sente ou não justificada no que está dizendo não tem nada que ver com o assunto. Deus odeia quando alguém espalha contenda. Isso não significa que não devemos lidar com conflitos ou admoestar uns aos outros. Mas devemos fazê-lo de uma forma que minimiza a contenda. 

Jesus buscou intensamente a unidade entre Seus seguidores. Jesus orou pela unidade entre Seus seguidores (João 17). De fato, Jesus orou para que Seus discípulos tivessem o mesmo grau de unidade e sinceridade que Ele tinha com o Pai. 

Deve haver unidade acima de tudo na família porque: “O homem que se divorcia de sua mulher”, diz o Senhor, o Deus de Israel, “faz violência ao que ele deve proteger”, diz o Senhor dos Exércitos. Tende, pois, cuidado de vós mesmos e não sejais infiéis!(Malaquias 2:16) 

Para finalizar, Deus tem a cura para todos esses pecados se quisermos honrá-Lo. Aqui estão apenas alguns delas. 

“A tristeza segundo Deus não produz remorso, mas sim um arrependimento que leva à salvação, e a tristeza segundo o mundo produz morte.” (2 Coríntios 7:10) 

“Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e lhes darei um coração de carne. 27 Porei o meu Espírito em vocês e os levarei a agirem segundo os meus decretos e a obedecerem fielmente às minhas leis.” (Ezequiel 36:26-27) 

E finalmente: “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo, e nos perdoará os nossos pecados e nos purificará de toda injustiça” (1 João 1:9).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: