Publicado por: mvmportugues | março 2, 2017

AME O SENHOR TEU DEUS DE TODO O TEU CORAÇÃO E DE TODA A TUA ALMA E DE TODAS AS SUAS FORÇAS – Deuteronômio 6:5-7

deuteronomio-6-vs-5-7-p

“Ame o Senhor, teu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças. Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar.” (Deuteronômio 6:5-7) 

Ame o Senhor, teu Deus, de todo o seu coração. Esse é o propósito da vida, e não pode haver maior. Tudo se concentra nisso. Essa é a grande lição que deve ser aprendida em cada lar, amar a Deus. 

O caminho para amar o Senhor com todo o nosso coração é guardar os Seus mandamentos, que significa obedecer a Sua palavra e fazer o que Ele diz (João 14:15). Devemos fazer tudo o que Ele nos diz através de Seu Espírito Santo. Há tantas bênçãos esperando por nós através da obediência e fazendo Sua vontade revelada. Confie que o Espírito Santo irá guiá-lo e orientá-lo em cada passo do caminho e ajudá-lo a realizar o propósito de Deus. Porque fazer a vontade de Deus e obedecer os Seus princípios significa amá-Lo com todo o nosso coração. 

Ame o Senhor, teu Deus, de toda a sua alma. A maneira de fazer isso é conscientemente renovar nossa mente com a palavra de Deus. Quando a negatividade, pensamentos ou ações pecaminosas entram em nós, fazemos a escolha de descartá-los rapidamente e renovar nossa mente, com as Escrituras. Qualquer que seja a nossa batalha, devemos encontrar uma Escritura em relação a esse problema e ir à guerra contra o inimigo. 

Amar a Deus com toda a sua alma também se relaciona com nossa atitude. Se tivermos uma atitude ruim, devemos imediatamente pedir ao Espírito Santo que nos ajude a mudar nossos pensamentos. Lembre-se, se continuarmos a refletir sobre nossos pensamentos, eventualmente eles se tornarão muito poderosos e se tornarão em uma ação real. Podemos encontrar-nos em uma explosão de raiva, discussão desnecessária, luta, ou fazer algo de que vamos mais tarde nos arrepender. Então a chave é reconhecer onde estamos e destruir os conselhos e toda altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo entendimento à obediência de Cristo (2 Coríntios 10:5). Nós destruímos os argumentos e a pretensão de conselhos do mal com a Palavra de Deus e obedecendo ao Espírito Santo. 

O que é a alma? A Bíblia diz: “E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra e soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.” (Gênesis 2:7). Como vemos neste versículo, a palavra “alma” significa “vida”. A alma é, em essência, o princípio da vida, o sentimento, o pensamento e ação nos seres humanos, considerado como uma entidade distinta separada do corpo, e comumente considerado como separável na existência do corpo; a parte espiritual dos humanos como distinta da parte física. 

A alma e o espírito estão conectados, mas separáveis (Hebreus 4:12). A alma é a essência do ser da humanidade; é quem somos. O espírito é o aspecto da humanidade que se conecta com Deus. 

Precisamos entender que a alma do homem, isto é, sua vida, nunca é dirigida a Deus até que o espírito se torne regenerado. O homem nunca pode amar a Deus ou às coisas de Deus até que ele nasça do alto. Ele pode ter uma consciência conturbada e se sentir muito mal, e ainda permanecer morto em delitos e pecados. Quando o Espírito de Deus ilumina o espírito de um homem com a luz e a vida divina, esse homem começa a ceder seus afetos e faculdades a Deus. 

O cristão que está desfrutando de comunhão ininterrupta com o Senhor, então, será capaz de dizer: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome” (Salmo 103:1). 

Ame o Senhor, teu Deus, de todas as suas forças. Amar a Deus com “todas as suas forças” fala da expressão final do nosso coração, alma e mente. É a expressão exterior do que está acontecendo dentro de nós para o mundo exterior através de nosso discurso e ações físicas. 

O Apóstolo Paulo nos diz para “fortalecer-se no Senhor e no Seu grande poder” (Efésios 6:10). Ele está nos dizendo que o poder ilimitado e a força de Cristo são a fonte de força para aqueles que pertencem a Ele. 

Como cristãos, devemos ser fortes no poderoso poder de Deus. Isso significa que nossa força não é nossa; não é humana ou carnal. Nossa força não é do mundo, mas nossa força é encontrada em Cristo – em ter um relacionamento vibrante e dinâmico com Ele. Como Paulo nos diz em Filipenses: “Eu posso fazer todas as coisas em Cristo que me fortalece” (Filipenses 4:13). Em outras palavras, não há outra fonte que dê ao homem a força para vencer o mundo com suas provações, suas tentações e a morte. É através da submissão à força de Deus que vencemos o poder de Satanás: “Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao Diabo, e ele fugirá de vocês” (Tiago 4:7). 

Deus quer que o amemos com todas as nossas forças a cada momento de cada dia. Seu Grande Mandamento para nós é “amar”, que é uma demonstração de Seu próprio amor eminente por nós, a fim de que alinhando-nos com a força de Deus através da nossa submissão total a Ele que somos capazes de resistir o engano de Satanás.  

Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. À medida que crescemos no conhecimento e compreensão de quem é Deus, começamos a amar as características que o definem, tais como a sabedoria, a verdade, a retidão e a pureza (Salmos 11:7; 90:12; Hebreus 1:9; 1 Timóteo 6:11). Passar tempo com Deus faz com que nossos corações tenham desejo de santidade, e achamos satisfação somente em mais dele, porque Ele é a encarnação perfeita de tudo o que desejamos obedecer em Seus mandamentos. 

Ensine-as com persistência a seus filhos. Nossa primeira responsabilidade é manter Suas palavras em nosso coração, e pensar, meditar, e refletir sobre elas. Desde a infância devemos ensinar diligentemente aos nossos filhos. Diligentemente significa com perseverança. Ninguém mais pode fazer isso por nós. O Pastor e os professores da escola dominical podem ajudar, mas a maior responsabilidade é a dos pais, de amar o Senhor com todo seu coração e compartilhar esse amor com seus filhos. 

Nossos filhos estão sempre nos observando e modelando nossas atitudes e comportamentos. Eles estão repetindo nossas atitudes sobre Cristo e Sua igreja. Não podemos educar crianças para amar o Senhor de todo o coração, se não o amamos primeiro. 

O crescimento espiritual tem que acontecer em nossas próprias vidas. Você tem um relacionamento amoroso íntimo com Jesus Cristo? Ele é a prioridade de sua vida? Jesus disse: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.” (Mateus 6:33) 

Famílias cristãs fortes acreditam, valorizam a Palavra de Deus e a modelam em suas vidas pessoais porque O amam. Moisés admoestou os filhos de Israel a se tornarem modelos deste amor em suas casas. Se você O ama, você O obedecerá e ensinará seus filhos sobre o nosso maravilhoso Deus e Criador. Mas lembre-se que não podemos dar aos nossos filhos o que não possuímos. Portanto, devemos levar este mandamento de Deus muito a sério em nossa própria vida. 

Converse sobre elas quando estiver sentado em casa: A Palavra de Deus deve ser uma parte integrante da nossa vida doméstica. Como podemos fazer isso? Falar sobre assuntos espirituais deve fazer parte da comunicação que ocorre dentro da casa. A oração pode tornar-se um componente da vida diária da família. Quando a família se senta em torno da casa para discutir os assuntos do dia, não há nenhuma razão porque questões espirituais não podem também ser abordadas de forma educacional. A casa pode ser um santuário de fé onde o louvor está continuamente nos lábios de todos os membros da família, começando com o exemplo dos pais. 

Converse sobre elas, quando estiver andando pelo caminho: Isso implica ensinar seus filhos quando você vai a lugares com eles. Talvez seja apenas para o supermercado. Ou talvez seja uma excursão familiar ou uma caminhada. Essas são ótimas oportunidades para falar sobre Deus e o modo como as outras pessoas agem e como os cristãos devem agir. É também uma grande oportunidade para apontar a beleza de Deus através da Sua criação. 

Converse sobre elas quando se deitar: Quando seus filhos estão se preparando para ir para a cama, você tem uma grande oportunidade para acalmá-los através da leitura da palavra de Deus. Você também pode conversar com eles sobre qualquer coisa que está acontecendo em suas vidas e orar com eles e assegurar-lhes que Deus está zelando por eles. 

E converse sobre elas quando se levantar: Isto apresenta outra oportunidade para ensinar nossos filhos. Ensine-os a começar bem o dia com o Senhor. Novamente, nosso exemplo ensina muito. Se as crianças estão sempre mal-humoradas na parte da manhã, seja um exemplo de como começar com um coração alegre. Lembre-os: Eu posso fazer tudo através daquele que me fortalece (Filipenses 4:13). 

CONCLUSÃO: 

Se quisermos criar filhos piedosos, devemos amar a Deus fervorosamente e devemos ensinar diligentemente nossos filhos. 

As crianças são um dom de Deus, e Ele as colocou sob nosso cuidado. Portanto, devemos sempre lembrar os nossos filhos quem Deus é, e não importa onde estamos ou o que estamos fazendo. Podemos conversar com as crianças sobre Deus durante os jogos de futebol, enquanto lavamos a roupa, quando os levamos para a escola, enquanto estão escovando os dentes, durante o jantar, no café da manhã ou em qualquer outro momento. Eles estão sob nosso cuidado, nossa proteção, e devemos ensiná-los como Deus nos ordenou. Devemos ensinar aos nossos filhos respeito e como adorar o único Deus Verdadeiro. 

O Senhor está conosco para nos guiar e nos ajudar através de Seu Espírito Santo a criar filhos piedosos; Portanto: “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas.” (Provérbios 3:5-6)

Anúncios

Responses

  1. A paz,obrigado por dividir seus conhecimentos bíblicos,tem me ajudado muito a entender,e a ficar mais vigilante,Deus abençoe sua vida.
    E se eu tiver oportunidade de receber mais ensinamentos pelo meu e-mail ficarei grata.

    • Obrigada Elizabeth, que bom que a mensagem de Deus te edificou, nosso Senhor é sempre tão fiel. Bênçãos para você.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: