Publicado por: mvmportugues | fevereiro 15, 2017

SINAL DOS TEMPOS – O PERIGO DE PREGAR E ENSINAR OUTRO EVANGELHO – Gálatas 1:6-9

galatas-1-vs-6-9-p

A Bíblia nos adverte freqüentemente sobre os perigos de pregar ou ensinar um evangelho diferente do evangelho bíblico dado por Jesus Cristo e Seus discípulos. Todos os avisos bíblicos são muito fortes. 

Assim, qualquer pessoa que afirma ser um pregador, um professor ou um ministro do evangelho, deve ser muito cuidadoso porque eles devem pregar apenas a verdade da Palavra de Deus. Não deve haver adições ou subtrações dela. Este é um aviso bíblico, que deve ser dirigido à muitas igrejas neste 21° século: “Declaro a todos os que ouvem as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhe acrescentar algo, Deus lhe acrescentará as pragas descritas neste livro. 19 Se alguém tirar alguma palavra deste livro de profecia, Deus tirará dele a sua parte na árvore da vida e na cidade santa, que são descritas neste livro.” (Apocalipse 22:18-19) 

Infelizmente adições e subtrações estão acontecendo em um ritmo alarmante hoje em dia. Paulo nos advertiu que: “O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios” (1 Timóteo 4:1). Há novas “igrejas” e cultos surgindo e florescendo em todo o mundo. Há pregadores em grandes e pequenas igrejas pregando um evangelho que não tem qualquer semelhança com os ensinamentos de Cristo e as palavras do Novo Testamento. Esteja ciente de que este é outro evangelho, e nas palavras de Paulo esses falsos mestres, pregadores, padres ou o que quer que eles chamem a si mesmos estão sob a maldição de Deus. 

Precisamos estar cientes da decepção séria de Satanás, já que ele é o pai da mentira e o maior falsificador que já existiu. Seus servos têm proclamado um falso evangelho por muito tempo, como vemos na escrita de Paulo aos Gálatas. Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo. Mas ainda que nós ou um anjo dos céus pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado! Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado! (Gálatas 1:6-9) 

Em contradição com o Evangelho de Cristo, o evangelho de Satanás ensina a salvação pelas obras. Inculca a justificação diante de Deus com base nos méritos humanos. Sua frase sacramental é “seja bom e faça o bem”; mas não consegue reconhecer que na carne não habita coisa boa. Cuidar do homem velho é considerado mais ‘prático’ do que a criação de um novo homem em Cristo Jesus. 

Os obreiros de Satanás são pessoas muito malignas como traficantes de drogas, pedófilos, assassinos; mas também podem ser líderes religiosos ordenados ou auto-nomeados. Milhares daqueles que ocupam nossos púlpitos modernos já não estão ensinando os fundamentos da fé cristã, mas se desviaram da Verdade e prestam atenção a fábulas e “doutrinas de demônios” (2 Timóteo 4:4). 

Em vez de magnificar a enormidade do pecado e suas conseqüências eternas, o minimizam declarando que o pecado é meramente a ignorância ou a ausência do bem. Em vez de alertar seus ouvintes para “fugirem da ira vindoura”, eles fazem de Deus um mentiroso, declarando que Ele é amoroso e misericordioso demais para enviar qualquer de Suas criaturas ao tormento eterno. Em vez de declarar que “sem derramamento de sangue não há remissão”, (Hebreus 9:22), eles simplesmente predicam Cristo como o grande profeta e exortam seus ouvintes a “seguir os Seus passos”. 

Destes, a Bíblia declara: “Porquanto, ignorando a justiça que vem de Deus e procurando estabelecer a sua própria, não se submeteram à justiça de Deus” (Romanos 10:3). Sua mensagem pode parecer muito plausível e seu objetivo parece muito digno de louvor, mas lemos deles: “Pois tais homens são falsos apóstolos, obreiros enganosos, fingindo-se apóstolos de Cristo. 14 Isto não é de admirar, pois o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz. 15 Portanto, não é surpresa que os seus servos finjam que são servos da justiça. O fim deles será o que as suas ações merecem.” (2 Coríntios 11:13-15) 

Além do fato de que hoje centenas de igrejas estão sem um líder que fielmente declara todo o conselho de Deus e apresenta Seu caminho de salvação, também temos que enfrentar o fato adicional de que a maioria das pessoas nestas igrejas provavelmente nunca vão aprender a Verdade por si mesmos. 

Atualmente o tempo de partilha da família, onde a Bíblia deve ser lida diariamente e compartilhada, mesmo nas casas dos cristãos nominais, basicamente é coisa do passado. A Bíblia não é exposta no púlpito e não é lida em casa. As exigências desta geração tecnológica são tão numerosas que as multidões têm pouco tempo e ainda menos inclinação para dedicar tempo e passar-lo com o nosso Criador, Senhor e Salvador. Por isso, a maioria, que é preguiçosa demais para examinar as Escrituras por si mesma, ficam à mercê do diabo. 

Em Provérbios 14:12 lemos: “Há caminho que parece certo ao homem, mas no final conduz à morte.” Este “caminho” que termina em “morte” é a ilusão do Diabo que estamos ouvindo pregada nas igrejas de hoje; o evangelho de Satanás – um caminho de salvação pela realização humana. É um caminho que “parece certo”, ou seja, é apresentado em linguagem tão credível que apela ao homem natural. Ele é apresentado de uma maneira tão sutil e atraente, que engana aqueles que são demasiado absorvido em si mesmos para questionar seu pastor ou professor ou de pesquisar as Escrituras por si mesmo. Essas pessoas são diferentes dos da cidade de Berea, que examinavam as Escrituras todos os dias para ver se o que o Apóstolo Paulo disse era verdade, Atos 17:11. 

Há um dito que o caminho para o inferno é pavimentado com boas intenções. Haverá muitos no Lago de Fogo que começaram com boas intenções; homens que se orgulhavam de sua integridade, mas que procuravam justificar-se diante de Deus por sua auto-justiça e obras. 

A ilusão do Diabo é que podemos ser salvos por nossas próprias obras, e justificados diante de Deus por nossas próprias ações; enquanto que Deus nos diz em Sua Palavra – “Pela graça sois salvos pela fé … não por obras, para que ninguém se glorie,” (Efésios 2:8-9). E uma vez mais: “Não por causa de atos de justiça por nós praticados, mas devido à sua misericórdia, Ele nos salvou…,” (Tito 3:5). 

Onde você se encontra? Você está no caminho que “parece certo”, mas que termina na morte; ou, você está no caminho estreito que leva à vida? (Mateus 7:14). Você realmente abandonou o largo caminho que leva à morte? O amor de Cristo já criou em seu coração um desgosto de tudo o que Lhe desagrada? 

Uma forma ainda mais falsa do evangelho de Satanás é quando os pregadores apresentam o sacrifício expiatório de Cristo e depois dizem a seus ouvintes que tudo o que Deus requer deles é ‘crer’ em Seu Filho. Sim, a Bíblia nos diz isso em Atos 16:31, mas há muito mais coisas que a Palavra nos diz que é necessário que somente crer. Por isso, milhares de almas não arrependidas são iludidas em pensar que foram salvas. Mas Cristo disse: “Mas se não se arrependerem, todos vocês também perecerão” (Lucas 13:3). “Arrepender-se” é odiar o pecado, lamentar o que você fez e abandonar o pecado. É o resultado do Espírito fazer o coração se arrepender diante de Deus. 

Outro ponto; milhares são enganados em supor que eles “aceitaram Cristo” como seu “Salvador pessoal”, mas que nunca O receberam como Senhor de sua vida. Para ser salvo dos pecados, é ser salvo de ignorar e desprezar a autoridade de Deus, é abandonar o curso da auto-vontade e auto-satisfação, é “mudar a sua maneira de viver” (Isaías 55:7). É entregar-se à autoridade de Deus. A pessoa que nunca tomou o “jugo” de Cristo sobre ele, que não procura verdadeiramente e diligentemente agradá-Lo em todos os detalhes de sua vida, e no entanto supõe que ele está “descansando na obra acabada de Cristo” é iludido pelo Diabo. 

A seguinte é uma escritura que fala do Evangelho de Cristo e da falsificação de Satanás. “Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres?’ 23 Então eu lhes direi claramente: Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!” (Mateus 7:22-23) 

Sim, é possível trabalhar “em nome de Cristo”, e até mesmo “pregar em Seu nome”, e embora o mundo os conheça, e a Igreja os conhece, eles são desconhecidos ao Senhor! 

Então quão necessário é descobrir onde uma pessoa realmente se encontra. As pessoas precisam se examinar e ver se estão na fé; e medir-se pela Palavra de Deus e ver se eles estão sendo enganados por nosso inimigo sutil o diabo. As pessoas precisam descobrir se estão construindo uma casa sobre a areia, ou se a casa está sendo erguida na Rocha que é Cristo Jesus. 

Que o Espírito Santo busque cada coração, quebre a nossa vontade teimosa, mate a nossa inimizade contra Deus, trabalhe em nós um verdadeiro coração arrependido e dirija o nosso olhar para o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. 

Lembre-se destas palavras da Bíblia: 

Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.” (Mateus 7:21) 

“Sabemos que O conhecemos, se obedecemos aos seus mandamentos. Aquele que diz: “Eu o conheço”, mas não obedece aos seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele.” (1 João 2:3-4)

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: