Publicado por: mvmportugues | agosto 25, 2014

LIBERDADE EM CRISTO – Gálatas 5:1

A Liberdade em Cristo

“Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.” – Gálatas 5:1  

Cristo morreu para nos libertar do pecado e de uma longa lista de leis e regulamentos. Cristo veio para nos libertar, não somos livre para fazer o que queremos, porque isso nos levaria de volta à escravidão e aos nossos desejos egoístas. Em vez disso, graças a Cristo, somos agora livres e capazes de fazer o que era impossível antes – viver sem egoísmo. Aqueles que exigem a sua liberdade, para que possam ter a sua própria maneira, ou de saciar seu próprio desejo estão regressando ao pecado. Mas também é errado colocar um fardo de manter a lei sobre cristãos como os Gálatas estavam fazendo na época de Paulo. Devemos manter-nos firmes contra aqueles que querem nos escravizar com as regras, métodos ou condições especiais para ser salvo, ou crescer em Cristo.  

Somos salvos pela fé e não por obras. O amor para Deus e por outros é a resposta daqueles a quem Deus perdoou. O perdão de Deus é completo, e Jesus disse que aqueles que são perdoados muito, amam muito (Lucas 7:42-43). Porque a fé se expressa através do amor, podemos verificar o nosso amor por outros como uma forma de monitorar nossa fé.  

A Bíblia nos diz que seremos perseguidos por causa da nossa fé. Muitas pessoas não querem ouvir a verdade e somente querem ouvir o que eles querem ouvir. “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios desejos.” (2 Timóteo 4:3) 

Paulo foi perseguido porque ele estava pregando o verdadeiro evangelho. Se ele tivesse ensinado o que os falsos mestres estavam ensinando, ninguém estaria ofendido. Mas porque ele estava ensinando a verdade, ele foi perseguido pelos judeus e judaizantes (aqueles que adotaram práticas religiosas judaicas ou tentaram influenciar os outros a fazê-lo).  

Tua família ou amigos te rejeitam, porque você tomou uma posição por Cristo? Jesus disse para não ficarmos surpreso se o mundo nos odeia, porque odiaram a Ele primeiro (João 15:18-19).  

Assim como Paulo continua a proclamar fielmente a mensagem de Cristo, devemos continuar trabalhando no ministério que Deus deu a cada um de nós; apesar dos obstáculos que outros podem colocar em nosso caminho. 

Devemos ter a liberdade em Cristo e não devemos ser escravos do pecado, porque os crentes são livres para fazer o certo e para glorificar a Deus através de servir outros com amor.  

Quando um crente perde a motivação do amor, e se torna crítico de outros, para de olhar para o lado bom das pessoas e só vê seus defeitos. Logo a unidade está perdida. Será que algum de nós focamos em deficiências de outros em vez de seus pontos fortes?  

Nós precisamos nos lembrar do mandamento de Jesus de amar uns aos outros como você ama a você mesmo (Mateus 22:39). Quando começamos a sentir crítica de alguém, devemos fazer uma lista das qualidades positivas dessa pessoa. Quando os problemas necessitam ser abordados, devemos confrontar em amor, em vez de fofocas. 

No entanto, haverá momentos em que será necessário enfrentar hipócritas e as pessoas que vivem em pecado, para que a honra de Deus não seja blasfemado e a igreja cristã pode ser purificada e fortalecida. 

Foi isto o que Jesus fez: “Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês limpam o exterior do copo e do prato, mas por dentro eles estão cheios de ganância e cobiça.  Fariseu cego! Limpe primeiro o interior do copo e do prato, para que o exterior também fique limpo.” (Mateus 23:25-26)  

Se desejamos ter as qualidades definidas e expressadas em Gálatas 5:22-23, que são “amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio”, então saberemos que o Espírito Santo está nos guiando.  

Nós também precisamos ter cuidado para não confundir nossos sentimentos subjetivos com a liderança do Espírito. Ser guiado pelo Espírito Santo envolve o desejo de ouvir, a prontidão para obedecer a Palavra de Deus, e a sensibilidade para discernir entre o nosso sentimento e Seus sussurros.  

Necessitamos viver cada dia controlado e guiado pelo Espírito Santo. Em seguida, as palavras de Cristo estarão em nossa mente, o amor de Cristo vai estar por trás de nossas ações e o poder de Cristo nos ajudará a controlar os nossos desejos egoístas.  

Lembre-se de que uma pessoa nascida de novo tem a liberdade em Cristo, porque as Escrituras nos dizem: “Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do Espírito da vida em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.” (Romanos 8:1-2)


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: