Publicado por: mvmportugues | agosto 11, 2014

CONFIE EM DEUS – Gênesis 15:5

Genesis 15 vs 5 P

O Senhor fez uma promessa a Abrão para dar-lhe um filho e Ele o levou para fora e disse: “Olhe para o céu e conte as estrelas…assim será a sua descendência.” (Gênesis 15:5)  

Quando Deus chamou Abrão, ele tinha 75 anos de idade e foi quando o Senhor prometeu que faria dele uma grande nação, e que Deus o abençoaria. (Gênesis 12:2)  

Abrão está com 85 anos; dez anos se passaram desde que Deus lhe prometeu “que faria dele uma grande nação,” e ele está preocupado que ainda não tinha filhos, assim o Senhor veio a Abrão, numa visão e prometeu-lhe descendentes numerosos demais para imaginar.  

Quando Deus faz uma promessa podemos contar com ela. Ora, Sarai, mulher de Abrão também estava ficando mais velha e ela não tinha filhos, o que naquela cultura era muito vergonhoso e uma deshonra, então ela deu Hagar, sua serva egípcia à Abrão como esposa substituta, que era prática comum naquela época. Uma criança nascida de uma  serva era considerado o filho da esposa. Assim, embora Abrão estivesse agindo de acordo com o costume da época, sua ação mostrou uma falta de fé que Deus cumpriria Sua promessa.  

Deus exige de nós para ser fiel a Ele e a Sua Santa Palavra, independentemente dos costumes pecaminosos que existiram naquela época ou é aceitável na sociedade de hoje como “normal”. O plano perfeito de Deus foi, e é que marido e mulher devem ser fisicamente íntimos somente um com o outro para toda a sua vida. Sempre que uma pessoa casada é fisicamente íntima com outra pessoa; a Bíblia define os atos como – adultério. 

Deus ordenou em Sua Palavra “sede santos, porque Eu sou Santo”. Portanto, a obediência a Santa Palavra de Deus é o único estilo de vida normal – violações de Sua Santa Palavra é pecado e são anormais para os VERDADEIROS crentes e filhos de Deus.  

Sarai como Abrão teve dificuldade em acreditar nas promessas de Deus e tomou o assunto em suas próprias mãos, dando Hagar a Abrão, quando o casamento é um compromisso sagrado e contrato entre Deus; um marido e uma esposa.  

Por causa da desobediência e a falta de fé por parte de Sarai e de Abrão, veio uma série de problemas. Isso invariavelmente acontece quando assumimos a responsabilidade de Deus, tentando fazer com que Sua promessa se ​​torne realidade através de esforços que não estão de acordo com Suas direções específicas. Neste caso, o tempo foi o maior teste de Abrão e Sarai para deixar que a vontade de Deus trabalhasse em suas vidas.  

As vezes nós também devemos simplesmente esperar. Quando pedimos a Deus por algo e temos que esperar, é tentador tomar o assunto em nossas próprias mãos e interferir com os planos de Deus.  

Embora Sarai fez os planos para Hagar ter um filho com Abrão, mais tarde ela culpou Abram pelos resultados. Muitas vezes, é mais fácil de atacar em frustração e acusar a outra pessoa do que admitir a nossa culpa e nosso pecado e pedir perdão. Soa familiar? Adão e Eva fizeram a mesma coisa. (Gênesis 3:12-13)  

Sarai lançou sua raiva contra Abrão e Hagar e seu tratamento foi duro, o suficiente para causar que Hagar fugisse. Raiva, especialmente quando surge da nossa própria incredulidade, pecados e rebelião contra Deus e Sua Palavra é sempre perigosa e destrutiva.  

Hagar estava fugindo de sua senhora e seu problema. O anjo do Senhor lhe deu o conselho para voltar e enfrentar Sarai, a causa de seu problema, e se submeter a ela. Hagar precisava corrigir sua atitude para com Sarai, não importa quão justificado seu pensamento poderia ter sido. Fugir de nossos problemas raramente resolve-los; é sábio voltar para os nossos problemas, enfrentá-los, aceitar a promessa da ajuda de Deus, corrigir nossas atitudes e agir como deveríamos.  

Vimos três pessoas cometerem erros graves. 

  • Sarai, que tomou o assunto em suas próprias mãos. Ela disse a Abrão para ir dormir com sua serva; violando assim a santidade do casamento e fez Abrão cometer adultério com Hagar.
  • Abrão, que concordou com o plano e cometeu adultério; no entanto, quando as circunstâncias começaram a piorar, se recusou a ajudar a resolver o problema.
  • E, Hagar, que fugiu do problema.

Apesar desta situação complicada, Deus demonstrou Sua habilidade de agir em todas as coisas para o bem daqueles que o amam (Romanos 8:28). Sarai e Abrão receberam o filho que tão desesperadamente queriam, e Deus resolveu o problema de Hagar apesar da recusa de Abrão se envolver. Nenhum problema é demasiado complicado para Deus, se estamos dispostos a deixar que Ele nos ajude e esteja em controle.  

O Senhor disse a Abrão. “Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda em minha presença e sê perfeito,(Gênesis 17:1). Deus tem a mesma mensagem para nós hoje. Devemos obedecer ao Senhor em todos os aspectos, porque Ele é Deus; que é motivo suficiente. Se nós pensamos que os benefícios da obediência não valem a pena, considere quem Deus é – o único com o poder e a capacidade de atender todas as nossas necessidades.  

Deus não esqueceu do filho de Hagar, Ismael; mesmo que ele não era para ser o herdeiro de Abraão, ele também seria o pai de uma grande nação. Portanto, independentemente de nossas circunstâncias, Deus não se esquece de nós. Precisamos obedecer-Lhe e confiar em Seu plano, e lembre-nos de que as bênçãos de Deus são muito numerosas para nós imaginar, e que o Seu tempo é sempre o tempo certo. Portanto: “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento;  reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e Ele endireitará as suas veredas.” (Provérbios 3:5-6)

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: