Publicado por: mvmportugues | julho 21, 2014

ESCOLHA O CAMINHO DA VERDADE – João 8:32

João 8 vs 32

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” – João 8:32  

Cada vez que o inimigo nos bombardeia com mentiras, temos de aprender a aconselhar os nossos corações de acordo com a verdade da Palavra de Deus e de agir sobre a Sua Verdade, independentemente do que a nossa razão humana ou os nossos sentimentos nos dizem.  

Quando nos encontramos cedendo ao cansaço, a frustração, ou a nossa carne; quando a nossa mente e emoções estão girando com coisas que sabemos que não são verdadeiras, devemos parar e tentar de identificar a Verdade que contradiz essas mentiras.  

Devemos dizer a verdade a nós mesmos; às vezes em voz alta, e se for necessário mais que uma vez, até que a Verdade desloca e substitui as mentiras que estamos acreditando. Devemos clamar a Deus por graça para agir sobre o que sabemos ser verdade e quando o fazemos, ficamos impressionados com o poder da Verdade para acalmar nossas emoções turbulentas e restaurar a sanidade de nossos pensamentos confusos.  

Às vezes, o inimigo começa a causar danos em nossas mentes e emoções e tudo o que podemos pensar é quão errada a outra pessoa tem sido, e quão profundamente magoado estamos. Começamos deixar pensamentos rancorosos e vingativos se enraizar em nossas mentes e reviver outros eventos do passado que pensávamos que já tínhamos esquecido. Temos a tendência de ser obcecado com a tentativa de encontrar uma maneira de nos justificar e provar a nossa inocência. Quando isso acontece, as nossas emoções começam a girar fora do controle e entramos em um ciclo de raiva e auto-piedade acreditando em uma série de mentiras do inimigo. Isso só leva a horas ou dias de tumulto e lutas internas.  

Quando deixamos este tumulto e brigas internas e começamos a concentrar nos em Deus, temos uma confrontação com a verdade:  

Bem-aventurados os mansos. . .

Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia. . .

Bem-aventurados os pacificadores. . .

Mateus 5:5, 7, 9 

Digo-vos que não resistais ao homem mal. Se alguém te bater na face direita, oferece-lhes também a outra. . . amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem. . .

Mateus 5:39, 44 

Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;  se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas.

Mateus 6:14-15 

Agora nós temos uma escolha. Devemos continuar a acreditar nas mentiras, ou vamos abraçar a Verdade? Neste momento é quando a batalha realmente começa. Nossas emoções querem segurar a ofensa e queremos continuar alimentando o ressentimento e a raiva. Queremos justificação pessoal, mas, em nosso coração, sabemos que este tipo de escolha só vai levar à escravidão.  

Quando nos ajoelhamos diante do Senhor, com a Bíblia aberta, e lidamos com a Verdade, sabemos que temos de perdoar, e que devemos liberar o ofensor e a ofensa. Realizamos que a questão não é que nós não podemos perdoar; mas que não queremos perdoar. À medida que deixamos o Espírito Santo guiar-nos, sabemos que temos que renunciar qualquer direito de vingança ou de reter o amor daqueles que nos magoaram.  

Quando deixamos que a nossa mente continue sento aberta pelo Espírito Santo, somos lembrados das conseqüências de se recusar a perdoar; da misericórdia que perdemos se nos recusarmos a estender compaixão para outros, e das bênçãos que receberíamos se estamos dispostos a obedecer Seus mandamentos. Em nosso orgulho e teimosia, é difícil deixar ir, mas devemos – para poder estar em comunhão com o Senhor.  

Temos que continuar procurando e dizendo a verdade em nossos corações e fazer a escolha de agir sobre a Verdade. Ao fazê-lo nossas emoções gradualmente se tranquilizam e nosso espírito é liberado.  

Com o tempo, Deus nos dá uma melhor compreensão da situação original; Ele lança luz sobre por que reagimos desta forma e nos mostra alguns problemas mais profundos que não realizamos que precisavam ser abordados.  

Devemos ser gratos que o Senhor nos ama o suficiente para orquestrar as circunstâncias para trazer essas questões a superfície e devemos agradecê-Lo por usar essas experiências para tornar-nos mais semelhantes a Jesus. 

 

FONTE  

Nancy Leigh DeMoss


Responses

  1. Glória a Deus pois estas mensagens têm feito muito em minha vida, principalmente quando a fé vai amortecendo… Que DEUS abençoe vocês!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: