Publicado por: mvmportugues | junho 24, 2014

A ORAÇĂO PODEROSA E EFICAZ – Tiago 5:16-18

elijah-prays P

“Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz. 17 Elias era humano como nós. Ele orou fervorosamente para que não chovesse, e não choveu sobre a terra durante três anos e meio. 18 Orou outra vez, e os céus enviaram chuva, e a terra produziu os seus frutos.” (Tiago 5:16-18)

Aqui, somos instruídos a orar uns pelos outros, especialmente para aqueles que estão lutando fisicamente e espiritualmente. E à medida que continuamos lendo, Tiago nos lembra que Elias era um homem como nós, que foi capaz de orar e cumprir os propósitos de Deus, como nós devemos. Ele orou com fervor e paixão. A Palavra de Deus nos diz que ele orou “fervorosamente” e buscou a Deus com todo o seu ser.  

O que motivou Elias a orar com tanta paixão? Em primeiro lugar, o seu entendimento de Deus o moveu a orar com fervor. Elias sabia a quem ele estava orando. Ele sabia que Deus tem todo o poder. Ele entendeu que o Senhor poderia fazer o impossível. Elias orou fervorosamente, porque sua fé era em Deus e não em sua oração.  

A compreensão de cada pessoa sobre Deus vai determinar a sua força e perseverança na oração. Deus nos deu o Seu poderoso Espírito Santo para nos guiar na oração e nos ensinar como devemos orar. “Da mesma forma, o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza. Nós não sabemos o que devemos orar, mas o próprio Espírito intercede por nós quando nós não sabemos como colocar os nossos desejos em palavras.” (Romanos 8:26)  

Para muitos, Deus é “muito pequeno” e duvidam de Seu poder e habilidade. Eles não têm fé e suas orações não são respondidas. Por outro lado, aqueles que crescem em conhecimento e compreensão de Deus Todo-Poderoso, a Sua grandeza, a Sua soberania e santidade; aprendem a orar fervorosamente e eficaz.  

A situação em que Elias viveu e estava sendo confrontado, o levou a procurar a orientação e direção de Deus; portanto, esperou em Deus para falar e responder às suas orações. Devemos fazer o mesmo. Quando olhamos ao redor e vemos os que estão perdidos, magoados e feridos, isso deve levar-nos a orar fervorosamente. Quando vemos pessoas que negam a vontade e a Palavra de Deus, isto deve nos desafiar e mover-nos a orar com todo o nosso coração. Quando vemos a igreja impotente e ineficaz, devemos acelerar nossa busca por Deus.  

Devemos no entanto, não deixe que as condições ao nosso redor nos oprimem; precisamos buscar a Deus e descansar Nele. Seria fácil ficar sobrecarregado quando olhamos para as condições que nos rodeiam. As necessidades são enormes e podem nos desanimar. No entanto, é por isso que devemos buscar a Deus. É por isso que nós temos que correr para Ele e descansar à sombra do Todo-Poderoso. É somente quando corremos a Ele, descansamos Nele, e derramamos nossos corações a Ele que podemos enfrentar e lidar com as condições que nos rodeiam e ser fortalecido para fazer a Sua vontade, e alcançar os perdidos.  

Jesus nos ensinou a orar com fé: “Portanto, eu lhes digo: Tudo o que vocês pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim lhes sucederá” (Marcos 11:24). Então, quando oramos de acordo com a vontade de Deus e com fé em Suas promessas, precisamos continuar perseverando e não perder de vista do que foi pedido até que Deus cumpre Sua promessa. (1 Reis 18:43-44)  

Precisamos perseverar em nossas orações. No entanto, existem obstáculos que impedem o cumprimento da promessa; o pecado não confessado nos separa de Deus, por isso Ele não nos ouve, (Isaías 59:1-2). Também vemos Satanás, e sua constante oposição aos planos de Deus, como vemos em (Daniel 10:12-13). Pode ser também que o nosso coração precisa ser purificado, porque quem fecha os ouvidos ao clamor dos pobres também clamará e não terá resposta (Provérbios 21:13). Seja o que for, temos que acertar as coisas com Deus e em seguida, devemos perseverar até obter a resposta. 

No Monte Carmelo, Elias orou sete vezes; o amigo persistente à meia-noite implorou até que ele recebeu (Lucas 11:5-8), e a viúva, que se dirigia continuamente ao juiz injusto, suplicando-lhe: ‘Faze-me justiça contra o meu adversário’, (Lucas 18:1-5). Estes são exemplos de perseverança na busca de respostas. Então, nós, os que cremos na promessa de Deus, sem duvidar, devemos orar até recebermos a resposta, lembrando que só a perseverança na oração pode triunfar. 

Tenha em mente que Elias teve a mesma natureza que nós temos, mas ele orou com poder e de forma positiva. Nós podemos fazer o mesmo. Se aprendermos a perseverar na oração, o seu fruto será sempre mais abundante, sempre mais evidente, e vamos obter, como Jesus obteve, o que trará honra e glória ao Pai.  

O verdadeiro poder em nossas vidas começa com humildade. Humilhando-nos diante de Deus Todo-Poderoso pode resultar em Sua Santidade ser transmitida para nós. Consequentemente, a santidade trará a cura, a felicidade, a saúde, a alegria, a coragem, a paz e a vida eterna.  

“Portanto, humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele os exalte no tempo devido.” (1 Pedro 5:6)

 

 


Responses

  1. E fundamental tomarmos posse, deste entendimento p servirmos a muintos.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: