Publicado por: mvmportugues | junho 9, 2014

A REALIDADE DA IRA DE DEUS – Romanos 1:18-20

A ira de Deus - Romanos 1 vs 18-20

Portanto, a ira de Deus é revelada dos céus contra toda impiedade e injustiça dos homens que suprimem a verdade pela injustiça, 19 pois o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. 20 Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis. (Romanos 1:18-20) 

Paulo nos diz que “a ira de Deus é revelada dos céus….” Então vamos nos focar e ver o que a “ira de Deus,” significa. A Bíblia ensina claramente que o nosso Pai celestial é um Deus de amor. Por isso, algumas pessoas estão perturbados com a idéia de um Deus de amor que possui ira. Eles vêem esses atributos como estando em conflito. Mas os atributos de Deus são equilibrados. Deus é perfeito em Seu amor e Ele também é perfeito em Sua santidade e Sua justiça. Habacuque escreveu: “Tu és tão puro de olhos para contemplar o mal, e não pode olhar sobre a maldade” (1:13). 

Deus ama a todos nós: “Porque Deus amou o mundo que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16), mas a ira de Deus é contra o pecado. Portanto, a justiça de Deus reage com ira contra o pecado. Esta ira cresce por causa da Sua santidade, porque um Deus santo não pode tolerar o pecado. “Amas a justiça e odeias a iniqüidade.” (Hebreus 1:9) 

A ira de Deus é diferente da ira humana. A Bíblia declara que Ele é tardio em irar. Sua ira não explode rapidamente, ou de forma imprevisível; há uma série de advertências e Ele geralmente contem a Sua ira para nos dar mais tempo para se arrepender. “O Senhor é longânimo para convosco …, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento” (2 Pedro 3:9). Mas à medida que a humanidade continua a pecar, e continua a rejeitá-Lo, podemos ter certeza de que Sua ira esta escalando a tal ponto que um dia Ele irrompera contra este mundo ímpio, tão claramente descrito no livro do Apocalipse. 

Não devemos ser enganados e pensar que Deus não vai eventualmente nos fazer responsáveis pelos nossos pecados. Portanto, é prudente acreditar na realidade da ira de Deus, porque uma pessoa ou nação que ignora os avisos de Deus está em grave perigo. 

Se alguém acredita que o único e verdadeiro Deus não é um Deus de ira, então eles estão indo contra o que Deus tem claramente revelado sobre Si mesmo. Quando o Dia do Juízo Final chegar nenhuma reivindicação de ignorância vai servir como uma desculpa. 

A Palavra do Senhor “mostram que as exigências da Lei estão gravadas em seu coração. Disso dão testemunho também a sua consciência e os pensamentos deles, ou os acusam, ou os defendem” (Romanos 2:15). Portanto, como está escrito, a consciência das pessoas  as convencem de que elas pecaram contra o Todo-Poderoso, Santo Deus; e este fato deve levar a um sentimento de culpa e tristeza e um desejo de se reconciliar com Ele. 

No entanto; a Palavra de Deus nos adverte que muitas pessoas se tornaram tão rebelde e perversas que já não tem uma consciência – “O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios. Tais ensinamentos vêm de homens hipócritas e mentirosos, que têm a consciência cauterizada.” (1 Timóteo 4:1-2) 

Por exemplo: muitas pessoas más na Igreja Católica Romana, chamados de sacerdotes, bispos, cardeais, freiras e papas criminalmente molestaram, violaram, torturaram e assassinaram centenas de milhares de preciosas crianças inocentes, mulheres e homens através de existência desta má instituição, em nome de Jesus. 

Deus nos advertiu sobre essas pessoas más, e o julgamento que seus crimes merecem; pois “eles difamam o que desconhecem e são como criaturas irracionais, guiadas pelo instinto, nascidas para serem capturadas e destruídas; serão corrompidos pela sua própria corrupção!” (2 Pedro 2:12) 

Esses criminosos malignos e milhões de pessoas como eles são possuídos por demônios e “têm a consciência cauterizada” (1 Timóteo 4:2). O aviso de Deus para estes mentirosos cheios de doutrinas de demônios; é que o julgamento de Deus está chegando a cada um de vocês – rápido e seguro. 

A ira de Deus é contra pessoas como estas “que suprimem a verdade pela injustiça ” (v18), porque eles não querem se submeter a sua vontade à vontade de Deus, mesmo que “o que se pode saber sobre Deus é manifesto entre eles, porque Deus fez isso claro para eles.” (v19) 

No Dia do Juízo, ninguém pode afirmar que eles eram ignorantes de Deus e ignorantes de sua responsabilidade de buscá-Lo, adorá-Lo e obedecê-Lo, porque “desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis.” (v20) 

Precisamos lembrar o que Jesus ensinou e disse: “Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. 22 Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres?’ 23 Então eu lhes direi claramente: Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!” (Mateus 7:21-23) 

Há, porém, um antídoto para a ira de Deus. É por isso que Deus, em Seu imenso amor por nós enviou Seu Filho para pagar o preço da ira para nós. Ninguém tem que viver mais um dia em perigo da ira de Deus, que Ele tem claramente revelado do céu, porque, “aquele que crê no Filho tem a vida eterna, e aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece” (João 3:36). E lembrando mais uma vez o versículo anterior, “nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.” (Mateus 7:21) 

A verdade da ira de Deus deve motivar o crente nascido de novo para compartilhar o Evangelho. Deve encorajar-nos a orar pelos perdidos. “Pois todos nós devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba de acordo com as obras praticadas por meio do corpo, quer sejam boas quer sejam más.” (2 Coríntios 5:10-11) 

Que Deus nos dê o desejo de alcançar as almas e proclamar a verdade da Sua palavra fielmente para os que estão perecendo; visto que a Escritura está cheia de advertências da ira de Deus por aqueles que continuam em seu pecado sem se arrepender, e “a ira de Deus vem sobre os filhos da desobediência.” (Colossenses 3:6)

 

 

 

 

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: