Publicado por: mvmportugues | setembro 30, 2012

Advertência contra os Anticristos – 1 João 2:18-19

Filhinhos, esta é a última hora e, assim como vocês ouviram que o anticristo está vindo, já agora muitos anticristos têm surgido. Por isso sabemos que esta é a última hora. 19 Eles saíram do nosso meio, mas na realidade não eram dos nossos, pois, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; o fato de terem saído mostra que nenhum deles era dos nossos. (1 João 2:18-19)

Para entender plenamente a mensagem que Deus tem para Seu povo, é necessário analisar o significado da palavra anticristo. A palavra anticristo é um agrupamento de duas palavras, ‘anti’ e ‘Cristo’. Cristo significa, o Ungido, o Filho de Deus, e de acordo com o dicionário, a palavra ‘anti’ significa ‘oposto’ ou ‘contra’, então o anticristo é o contrário, ou o oposto de Cristo e de Seus ensinamentos.

Em nossas igrejas, hoje em dia, existem anticristos entre nós. Há aqueles que fingem conhecer Cristo e pretendem seguir seus ensinamentos, mas na realidade eles não são verdadeiros crentes. No entanto, João nos ensina que eles não serão capazes de permanecer ocultos para sempre, mas que eles vão revelar-se falsos quando deixam as coisas que a Bíblia ensina e abraçam o sistema mundial e suas ideais e saem do vínculo e companheirismo que é encontrado com outros crentes. Não é que param de ser cristãos, mas é que eles nunca foram cristãos genuínos.

Esta é uma experiência muito doloroso na vida de uma comunidade que crê na Bíblia, quando um líder, professor, ou pastor supostamente cristão decide abandonar sua fé ou até mesmo ensina contra ela. Esse tipo de coisa ocorre muitas vezes, e obviamente cria perguntas difíceis.

Pode um verdadeiro crente, um mestre da Palavra, um ganhador de almas, realmente perder a sua salvação? Pode um cristão nascido de novo voltar e ser um descrente? Pode aquele que recebeu a vida eterna através da fé em Cristo realmente não ter a vida eterna?

Se for assim, o que acontece com as muitas promessas na bíblia que nos asseguram que: “vocês que crêem no nome do Filho de Deus, para que vocês saibam que têm a vida eterna.” (1 João 5:13) e: “Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém as poderá arrancar da minha mão.” (João 10:28)?

A resposta a esta pergunta problemática se encontra em nosso texto – 1 João 2:19. Quando tais pessoas, que antes pareciam ser cristãos genuínos se tornam apóstatas, denunciando a verdade que uma vez ensinavam, é porque elas verdadeiramente “não eram de nós”, não importa o que elas professavam.

Esse fato implica um sério aviso. Quando “cristãos professos” caem, assumindo que eles realmente entenderam os fatos e evidências da fé cristã: é impossível que sejam reconduzidos ao arrependimento; pois para si mesmos estão crucificando de novo o Filho de Deus, sujeitando-o à desonra pública. (Hebreus 6:6). Uma forma de identificar os falsos cristãos, são aqueles que são chamados de ‘joio’ em Mateus 13:38.

É importante portanto, para todos os que professam ser crentes a empenhar-se ainda mais para consolidar o chamado e a eleição de vocês, pois se agirem dessa forma, jamais tropeçarão,(2 Pedro 1:10). Devemos estar “enraizados e edificados em Cristo” (Colossenses 2:7), e “santificai em vossos corações a Cristo como Senhor; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a todo aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vós.” (1 Pedro 3:15)

Também nos é dito que devemos – “testar os espíritos para ver se eles são de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo” (1 João 4:1). Devemos perguntar: O que eles acreditam e ensinam cumpre com as Escrituras? Eles podem comprovar com a bíblia? Quando eles instruem há algum conflito com qualquer ensinamento de Jesus Cristo?

Por isso, temos que estudar a Santa Escritura para que não sejamos enganados por esses falsos anticristos. Nossa fé deve ser aterrada e firmemente enraizada. Deve ser firme, sem vacilar e sem compromisso sempre reafirmando que: Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, 17 para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra.(2 Timóteo 3:16-17)

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: