Publicado por: mvmportugues | agosto 8, 2011

ARREPENDIMENTO – 2 Coríntios 7:10

“Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, o qual não traz pesar; mas a tristeza do mundo opera a morte.” – 2 Coríntios 7:10 

O arrependimento é um pré-requisito necessário para a salvação. Nenhuma pessoa pode ser salvo sem verdadeiro arrependimento. Quando você olha para João Batista, o precursor de Jesus Cristo, vemos como ele pregou, lemos em Mateus 3:2, “Naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judéia e dizendo: “Arrependam-se! O reino dos céus está próximo!” 

Quando Jesus Cristo começou Seu ministério, lemos em Mateus 4:17, “Dali em diante, Jesus começou a pregar: Abandonem o pecado e voltem-se para Deus, pois o reino dos céus está próximo.” E os apóstolos também pregaram o arrependimento como condição necessária para a salvação. Por exemplo, em Atos 17:30 Paulo pregou: “Deus tem tolerado a ignorância do homem acerca destas coisas, mas agora ordena a todos, e em toda a parte, que se arrependam e o adorem só a ele.” Sem arrependimento não pode haver salvação, porque não há restauração do nosso relacionamento com Deus.

Arrependimento faz parte do evangelho. Jesus disse a seus discípulos após a ressurreição em Lucas 24:46-47 que eles devem pregar o arrependimento e o perdão dos pecados a todas as nações. Então, precisamos fazer a pergunta: O que é arrependimento? Bem, existem dois tipos refletidos na Bíblia; o arrependimento verdadeiro e arrependimento falso. 

Primeiro vamos dar uma olhada para um par de ilustrações de arrependimento falso. No livro de Mateus, capítulo 27, lemos sobre Judas que traiu nosso Senhor Jesus Cristo. “Então Judas, aquele que o traíra, vendo que Jesus fora condenado, devolveu, compungido, as trinta moedas de prata aos anciãos, dizendo: Pequei, traindo o sangue inocente. Responderam eles: Que nos importa? Seja isto lá contigo. E ele jogou as moedas de prata para dentro do santuário do templo e partiu.” No entanto, nunca se arrependeu diante de Deus do seu pecado.  

Em Êxodo 10:16 lemos que Faraó se arrependeu quando o juízo de Deus veio sobre ele, e ele disse a Moisés: “Pequei contra o Senhor, teu Deus”, mas tão logo que a sentença passou, ele voltou para o seu pecado. Faraó temia as dificuldades das pragas, mas ele não temeu ou se dirigiu ao Senhor com verdadeiro coração  arrependido.  

O verdadeiro arrependimento se caracteriza por tristeza profunda, por ter ofendido a Deus. Lemos sobre esse tipo de arrependimento divino em 2 Coríntios 7:10, “Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, o qual não traz pesar; mas a tristeza do mundo opera a morte.”  

O verdadeiro arrependimento também se reflecte na vida de Jó: Com os ouvidos eu ouvira falar de ti; mas agora te vêem os meus olhos. Pelo que me abomino, e me arrependo no pó e na cinza” –  Jó 42:5-6. E na vida de Davi no Salmo 51: Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas tansgressões,
segundo a multidão das tuas misericórdias. Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Contra ti, contra ti somente, pequei, e fiz o que é mau diante dos teus olhos; de sorte que és justificado em falares, e inculpável em julgares. 
 

Em outras palavras, o arrependimento verdadeiro é centrado em Deus e enfocado em Deus. É caracterizado por uma tristeza profunda, piedosa por ter ofendido Deus violando os seus mandamentos. 

Você vê este arrependimento piedoso na vida de Pedro que negou Jesus Cristo três vezes. Lucas 22:61-62: “Virando-se o Senhor, olhou para Pedro; e Pedro lembrou-se da palavra do Senhor, como lhe havia dito: Hoje, antes que o galo cante, três vezes me negarás. E, havendo saído, chorou amargamente. “. . . por ter negado o seu Senhor e seu Salvador. Este é o verdadeiro arrependimento; assim que o arrependimento  verdadeiro é caracterizado por uma tristeza profunda por ter ofendido um Deus santo e majestoso.  

O filho pródigo é outro excelente exemplo de alguém que verdadeiramente se arrependeu. Ele extraiu-se do chiqueiro de porcos do pecado e admitiu que a sua situação de pecado foi culpa dele. Ele voltou para seu pai e disse: Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já não sou digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados”Lucas 15:18-19.  

A definição bíblica do arrependimento é uma mudança de mentalidade que resulta em uma mudança de ação. Se não houver ódio para o pecado específico que você tenha cometido, e você não deixa este pecado, você não está se arrependendo biblicamente. Sem arrependimento não pode haver qualquer perdão dos pecados, e sem arrependimento nenhuma pessoa pode experimentar a vida eterna, que é comunhão com Deus. Tristeza do mundo produz apenas a morte espiritual, porque a motivação (seja ela qual for) não é para agradar a Deus, conformando a sua vontade. Devemos ter certeza de que nosso arrependimento do pecado é o arrependimento divino, porque um homem ou uma mulher realmente não se arrepende no verdadeiro sentido da palavra até que ele ou ela realmente ama a Cristo e odeia o pecado. 

Em Atos 26:20 Paulo declara: “Eu preguei que se arrependessem e se convertessem a Deus, praticando obras dignas de arrependimento.” E Jesus disse que “pelos seus frutos os conhecereis” – Mateus 7:20.


Responses

  1. Obrigado meus hirmãos por este esclaricimento….entre estes dois modelos de arrependimentos. Agora vou procurar dentro da Palavra do Senhor como é arrependerce genuinamente. Vi e entendi que eu jamais busquei o Senhor em primeiro lugar em minha vida.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: